Arava e MTX Fail, Minha Experiência – Compartilhando a AR

Cada medicamento gera uma reação diferente em cada paciente que a utiliza, no meu caso minha experiencia com o Arava não foi muito legal. No inicio do meu tratamento o reumato me receitou o Arava e eu aguardei 30 dias para que o processo na farmácia de alto custo o aprovasse, e após isso retirei a medicação e iniciei o tratamento. Na primeira semana tudo corria normalmente, mas na segunda semana comecei a sentir meu coração muito acelerado, me assustava muito fácil e meu coração já batia muito rápido ao ponto de doer, a batida era intensa.

Fui ao hospital pois fiquei com medo e fiz um eletrocardiograma, constatou que eu estava com taquicardia, fui ao reumato e ele suspendeu a medicação, mas tomei por 30 dias exatos, e após interromper o tratamento nunca mais tive esses sintomas.

Com o MTX foi diferente, eu comecei com 6 comprimidos por semana, mas como eu tinha muitas dores no estômago e esôfago após ingerir as pilulas, meu medico passou o injetável. Até então tudo bem, mas após 1 ano comecei a sentir muitas dores durante a relação sexual, muita ardência, fui ao ginecologista fazer um preventivo, pois achei que fosse por causa da imunidade baixa.

Durante o exame a enfermeira disse que eu estava com uma ferida e precisaria fazer uma biopsia para averiguar a situação. Fiz a biopsia e o resultado não chegou para mim, só seria aberto por um especialista, pois poderia até ser um câncer, fiquei muito aflita e o resultado demorou para sair.

No dia da consulta e de ver o resultado o médico disse que era uma escamação da parede uterina que já era de aproximadamente 8 meses, então ele viu na minha ficha as medicações que eu tomava e disse que muito provável fosse efeito colateral do metotrexato, e pediu para suspender o uso e foi o que eu fiz imediatamente. Depois que foi suspensa a medicação, nunca mais tive nenhum problema, nenhuma inflamação ginecológica sequer.

Esse post conta a MINHA experiência com essas medicações, não quer dizer que todos que usarem vão apresentar os mesmos sintomas.

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: