Após 18 anos de remissão, um susto!

Me chamo Carmem de Oliveira, sofro com a AR desde os meus 21 anos. Na época não sabiam ao certo e também não dava nos exames um diagnóstico preciso. Como as dores eram nas articulações dos membros superiores pude fazer algumas fisioterapias com parafinas e injeções a base de cortisona, benzetacil e por último diprospan. Também tomei muitos chás como: chapéu de couro, algas marinhas, óleo de capivara e por nove anos fiquei nessa luta, até que não sabendo e também não fazendo nenhum acompanhamento médico, fiquei sem dores por 18 anos.
Hoje sei que foi a remissão que aconteceu, mas por falta de informação e por não ter feito nenhum acompanhamento nesse período, em 2009  a AR voltou com tudo, me impossibilitando de continuar no trabalho. Hoje estou com 55 anos lutando há 7 anos com um tratamento ininterrupto, pois a AR continua ativa. Agradeço a Deus por conseguir um tratamento que vem dando certo com imunobiológico, leflunomida, hidroxicloroquina e prednisona. Por não ter recebido desde o início um tratamento adequado e correto, acabei ficando com deformações Infelizmente! Hoje aguardo por uma  nova remissão ou até mesmo a cura. Para Deus nada é impossível.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: