Adalimumabe é incoporado no SUS para tratamento de Hidradenite Supurativa, Psoríase e Uveíte não Infecciosa

CONITEC Aprova Incorporação pelo SUS de Anticorpo Monoclonal Totalmente Humano da AbbVie (adalimumabe) para Hidradenite Supurativa, Psoríase e Uveíte

Hidradenite Supurativa, Psoríase e Uveíte Não Infecciosa são doenças inflamatórias crônicas imunomediadas que, em sua fase grave, impactam a capacidade funcional e a qualidade de vida do paciente3,4,5

A AbbVie, companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa, anuncia que seu medicamento biológico adalimumabe, um anticorpo monoclonal totalmente humano, foi aprovado pela CONITEC – Comissão Nacional de Incorporação de Novas Tecnologias, para incorporação pelo SUS – Sistema Único de Saúde, para tratamento de pacientes com hidradenite supurativa ativa, moderada a grave, assim como para psoríase moderada a grave e uveíte não infecciosa intermediária, posterior e panuveíte1,2 – todas doenças inflamatórias crônicas imunomediadas com poucas opções de tratamento.   Estas incorporações de adalimumabe foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) durante o mês de outubro de 2018, em diferentes datas1,2. A partir da data de publicação da aprovação pela CONITEC, o SUS tem até 180 dias para efetivar a incorporação1,2.

Adalimumabe foi o primeiro medicamento biológico aprovado para hidradenite supurativa no Brasil (dezembro de 2015) e será o primeiro biológico incorporado pelo SUS para o tratamento da forma ativa desta doença, nas fases moderada a grave. Antes da aprovação de adalimumabe para hidradenite supurativa, as principais opções disponíveis para o seu tratamento restringiam-se à cirurgia para remoção da pele afetada e ao uso de antibióticos. Também para uveíte não-infecciosa ativa, adalimumabe é o primeiro biológico aprovado para as formas intermediária, posterior e panuveíte.  Para psoríase moderada a grave, adalimumabe é recomendado como tratamento biológico de primeira escolha2.

“Estamos muito satisfeitos com a incorporação pela CONITEC de adalimumabe para o tratamento dos casos moderados e graves destas enfermidades crônicas. Estas são doenças com grande impacto na qualidade de vida e sociabilidade dos pacientes”, afirmou Karina Fontão, diretora Médica da  AbbVie no Brasil.

Mais sobre Hidradenite Supurativa, Psoríase e Uveíte Não Infecciosa3,4,5

Hidradenite Supurativa e psoríase são doenças inflamatórias crônicas, cujos sinais e sintomas se manifestam na pele – porém, de formas diferentes, com curso e prognóstico distintos3,4. A  psoríase ocorre quando o sistema imune induz a produção de células da pele em excesso; estas células se acumulam na superfície da pele e se manifestam como lesões avermelhadas e que descamam – em casos graves, podem sangrar3. A hidradenite supurativa, também chamada de acne inversa ou hidrosadenite, é caracterizada por abcessos e nódulos dolorosos e recorrentes, geralmente localizados em regiões de dobras – axilas, virilhas, nádegas e sob os seios.  A causa de ambas não é totalmente conhecida, mas sabe-se que o sistema imunológico tem um papel importante no seu desencadeamento4.

A uveíte é uma inflamação da úvea, que inclui íris, coroide e o corpo ciliar do olho.  Se não tratada, pode levar a complicações como perda da visão, catarata e glaucoma. Quando a uveíte não é causada por infecção bacteriana ou viral é considerada uveíte não infecciosa, que pode ser aguda, com duração curta, ou crônica.  Existem vários tipos de uveíte não infecciosa e cada tipo refere-se à área afetada.  A uveíte intermediária afeta a região média do olho, o corpo ciliar, em frente à retina e o vítreo; a uveíte posterior afeta o fundo do olho, incluindo a coroide, a retina e o nervo óptico; e a panuveíte é uma inflamação em todas as partes do olho5.

Sobre adalimumabe

Adalimumabe é um anticorpo monoclonal totalmente humano desenvolvido e comercializado pela AbbVie6. Desde seu lançamento, tem tratado mais de um milhão de pacientes7 em mais de 90 países e sua eficácia e segurança a longo prazo são demonstradas por mais de 100 estudos clínicos em todo o mundo8. Adalimumabe age bloqueando a proteína chamada TNF-alfa que, quando produzida em excesso pelo sistema imunológico, causa a inflamação que pode levar a doenças crônicas, como a artrite reumatoide, psoríase, doença de Crohn,  hidradenitesupurativa, entre outras6.

Sobre a AbbVie

A AbbVie é uma companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa e desenvolvimento, comprometida em desenvolver terapias avançadas e inovadoras, para algumas das doenças mais complexas do mundo.  A missão da companhia é usar seu conhecimento, sua equipe dedicada e a abordagem exclusiva em inovação, para aprimorar tratamentos em quatro áreas terapêuticas principais: imunologia, oncologia, virologia e neurociência.  Em mais de 75 países, os colaboradores da AbbVie trabalham diariamente para avançar soluções em saúde para pessoas ao redor do mundo.  Para mais informações sobre a AbbVie, acesse www.abbvie.com. Siga @abbvie no Twitter, FacebookLinkedIn ou Instagram.

No Brasil, a AbbVie começou a operar no início de 2014.  Suas unidades de negócios locais incluem imunologia, oncologia, virologia e especialidades, entre suas diferentes áreas de atuação, conduz mais de 50 estudos e projetos clínicos, envolvendo mais de 200 equipes e centros de pesquisa brasileiros.  Para mais informações, acesse www.abbvie.com.br

Referências

1. Diário Oficial da União – Seção 1, Portaria no 48 – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, publicada em 16 de outubro de 2018

2. Diário Oficial da União – Seção 1, Portaria no 50 – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, publicada em 30 de outubro de 2018

3. https://www.humira.com/psoriasis/what-is-psoriasis, acessado em 17 de outubro de 2018

4. https://www.humira.com/hidradenitis-suppurativa/what-is-hs, acessado em 17 de outubro de 2018

5. https://www.humira.com/uveitis/what-is-uveitis/causes, acessado em 17 de outubro de 2018

6. Bula de Humira

7. Informações em arquivo AbbVie. Pacientes tratados com Humira atualmente em todo o mundo. Junho de 2018.

8. Informações em arquivo AbbVie.  Clinical Trials Data and Information Sharing – Adalimumab

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: