Depoimentos Notícias

Acredite você é capaz!

Aos 25 anos passei por uma separação, foi muita tensão, mesmo antes apresentava muitas dores no pescoço e pernas, era muito trabalho e eu achava que era stress, como sou enfermeira, a médica com quem trabalhava solicitou alguns exames.

A partir daí fui diagnosticada com artrite reumatoide, e síndrome sjogrem, fazia uso de metotrexato e ácido fólico, sem melhora, tive uma crise e aguardo exames para entrada de biológico.

hoje estou em em tratamento para ficar bem até a prescrição (prednisona, meloxicam, tramadol, ranitidina), estou melhor, mas antes era mais ativa, trabalhava em 3 hospitais, a parti da AR não sou mais a mesma, mas sigo feliz a cada dia, com o apoio de minha família!

Meu nome é Tati Ornela, tenho 37 anos, convivo com o diagnóstico de artrite reumatoide a 14 anos, sou enfermeira e moro em Lagoa Santa-MG

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#depoimento

Related posts

Ninguém nunca poderá saber oque você passa ou passou

Priscila Torres

Ministério da Saúde é contra fornecimento de insulinas análogas para diabetes do tipo 1 e 2, participe da consulta pública até o dia 17 de janeiro de 2019

Priscila Torres

Descoberta de catarinense na USP contribui para tratamento de doenças inflamatórias

Priscila Torres
Loading...