Depoimentos

A vida é dura para quem é mole!

Depois da perda de uma grande amiga comecei a sentir dores insuportáveis nos pés e na virilha!

Os médicos falavam que era tendinite, uso prolongado de salto alto , etc…Até que veio o diagnóstico artrite reumatoide!

Chorei apenas uma noite sozinha em casa, ai falei pronto, já deu! Fui em vários reumatologistas até conseguir hoje a remissão da doença com uso do tocilizumabe e leflunonida! Trabalho 8 horas de salto alto e tomo minhas cervejinhas no final de semana!

Tenha apenas 1 dia de luto ao descobrir a doença, nenhum dia há mais!!

Meu nome é Helena, tenho 41 anos, convivo com a artrite reumatoide há 15 anos, sou Administradora e moro em Brasília-DF.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#depoimento

Related posts

Tenho forças para viver mesmo amanhecendo com dor todos os dias

Priscila Torres

Sei que as dores não acabam, mas posso conviver com as limitações

Priscila Torres

Da gestação ao lúpus e enfim artrite reumatoide

Priscila Torres
Loading...