A dor é sentida – Não desista, a caminhada será extremamente dolorosa, um dia a remissão virá!

0
131

No dia 17 de agosto do ano passado, durante o turno no meu trabalho, eu senti um incômodo nos meus pés e quando eu vi estavam inteiramente inchados. Após 2 dias em um estado pior (onde não conseguia colocar meus pés no chão), corri para o pronto-socorro mais próximo da minha residência, fiz uma série de exames e não descobriram nada.

Me encaminharam para um angiologista para fazer uma ecografia doppler nos membros inferiores, e não tive nenhum diagnóstico. Passei por diversos especialistas: cardiologista, pneumologista, cirurgião vascular, ortopedista… Fiquei nessa agonia durante mais ou menos 1 mês e meio. Até que tive uma crise de dor muito intensa, não conseguia segurar uma escova de dentes ou sequer andar, fui parar no pronto-socorro.

Chegando lá, uma médica clínica analisou e me encaminhou ao reumatologista. Na minha primeira consulta, foi um choque de possibilidades do que poderia ser: lúpus, fibromialgia, artrite entre outros. Fiz aquela bateria de exame e não obtive diagnóstico. Fiquei frustrada porque não aguentava mais sentir dor.

No final de outubro de 2020, meu reumato chegou à conclusão de que minha artrite era considerada como soronegativa, pois em nenhum exame aparece alguma alteração. Ela ataca principalmente nos pés, pernas e mãos. Comecei o tratamento com corticoide, hidroxicloroquina, MTX e uma bomba de vitaminas.

Hoje, após 5 meses ainda sou limitada a executar tarefas do dia-a-dia. Tenho muitas dúvidas ainda sobre a doença e acompanho a página pelo instagram desde o meu diagnóstico, o que me auxilia muito.

Não desista, a caminhada será extremamente dolorosa, um dia a remissão virá!

Meu nome é Eliza, tenho 23 anos , convivo com a Artrite Reumatoide a menos de 1 ano, sou Auxiliar em consultoria de informática e jurídica e morro em Samambaia Norte-DF

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link https://forms.gle/hZjevGSMNhbGMziL9

Doe a sua história!

#depoimento♥

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.