Depoimentos Notícias

Dores vão e voltam, mas um dia vão passar!

Descobri a Artrite Reumatoide  a 4 anos, quando meus pés e mãos começaram a ficar inchados e sentia muitas dores. Depois de alguns exames, diagnóstico AR.

Não é fácil conviver com as crises, com as limitações. Não consigo abrir uma garrafa de água, não posso mais fazer limpeza na casa . Às vezes não consigo dormir de dor.

E o pior é que muitos pensam que é frescura. Mesmo com tratamento as dores não dão alívio. Mas, vamos em frente. Caminhar as vezes dói muito. Joelho inchado. Mãos inchadas e tive que parar de usar anéis.

Dores vão e voltam, mas um dia vai passar!

Não desanimem. Viver com a dor não é fácil. Procurem se alimentar de firma que aumentem as informações das articulações. Pensem positivo.

Meu nome é Mirian Carvalho da Costa, tenho 52 anos, sou Babá moro em Rio Grande-RS.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!⠀

É simples, preencha o formulário no link https://www.surveymonkey.com/r/depoimentoBlogAR

Doe a sua história! ❤

#Depoimento⠀

Artigos Relacionados

Iniciativa incentiva pessoas com artrite reumatoide a testar seus conhecimentos sobre a doença no mês de conscientização da artrite

Priscila Torres

Médica pesquisa relação de zika com problema nas articulações de bebês

Priscila Torres

Deus é maior que a artrite, lúpus e o coronavírus juntos: eu sou um milagre 

Priscila Torres