Não tente mudar as coisas que vc não gosta, tente mudar seu jeito de ver o mundo diante das suas adversidades

Em 2013 começaram minhas dores insuportáveis, pronto socorro direto, 2 a 3 vezes na semana, exames, cheguei a ouvir que tinha envelhecimento precoce na coluna vertebral, tendinites, cistos nos pés, esporão… enfim, se eu fizesse e podem acreditar eu fiz, radiografia da maçã do rosto estava lá a sinusite e se eu fizesse exame de imagem do meu fio de cabelo acho achavam algum tipo de inflamação.

Depois disso em 2015 um clínico geral me disse que ia e pedir um exame específico, porque do jeito que estava não podia continuar, minhas mãos inchadas, meus pés pareciam que iam explodir, a pele chegava a rachar de tão inchado, e descobrimos artrite reumatoide em um nível de inflamação bem alto.

Depois disso fui encaminhada pra tratamento com um médico do sus, aliás isso é importante, esse médico me disse ser incurável, degenerativo, e perigoso também, mas não me deu detalhes, então eu não sabia da gravidade ou seus caminhos de degeneração, que aliás, estava em estado avançado pela falta de tratamento e interesse mesmo de minha parte por não ter noção do que me esperava.

Em 2018 sempre me tratando ou maquiando a doença com anti-inflamatórios eu comecei a cair, não aguentava em cima das pernas, quadril, dor muito forte na nádega, dentro do osso mesmo, não me deixava dormir, então eu morando em outra cidade fui ver outro reumatologista da cidade que morava, inflamada, anemica, sem força até pra levantar, comecei tratamento com reuquinol, mtx e ácido fólico, nada de melhora, só corticoide e anti-inflamatórios melhoram minha dor.

Hoje estou com o humira tbm, mas não vejo melhora, e uma piora constante durante a noite me diz que ainda não chegaram, apesar dos exames específicos, no meu diagnóstico certo que acredito ser de espondilite anquilosante também, mais sigo na luta, com anos de atraso que fizeram com que pra ajudar meu ENORME corpo piorasse, e meu tratamento não surte o efeito de quem cuida logo do começo.

Mas sigo lutando, do meu jeito e sempre tentando ser o melhor que posso, que consigo, e o que eu acho legal nisso tudo, e que vendo todo sofrimento de pessoas que tem todo o corpo inflamado, não temos mal humor, eu nunca vi um paciente reumático até hoje mal humorado e triste, e sempre apesar das dores terríveis rindo, brincando, fazendo piada com a situação, eu pelo menos faço, seguimos fortes.

Eu acredito que a dor fortalece a alma, e eu luto sozinha pois não tenho conversa com minha mãe e meu pai que era meu tudo aqui na terra, são falecidos, não tenho ajuda de ninguém, e as pessoas a minha volta não entendem o que sinto, ainda mais que me viro do jeito que posso, prefiro não reclamar e fazer o que preciso pra me manter ativa e sem depender de ninguém financeiramente e nem fisicamente.

Procure um tratamento com um médico que lhe escute, explique direito o que você tem, e senão conseguir, procure outro médico, mas não deixe suas dores pra lá.

Ainda tenho conseguido e tenho fé que não precisarei, acredito muito em Deus e nossa senhora que pra mim é tudo, sigo tentando e lutando, um dia de cada vez, sempre fazendo o meu melhor, Se a vida me cobra eu aposto na resiliência pra tentar mudar o meu jeito de ver o que não me favorece, e assim levo a vida feliz, de verdade tenho uma vida feliz, e sempre digo felicidade é resiliência, e acredito também que dor compartilhada e dor diminuída ❤

Meu nome é Maria Angelica, tenho 47 anos, Convivo com o diagnóstico a mais ou menos 6 anos, sou Autônoma e moro em Pindamonhangaba SP.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!⠀

É simples, preencha o formulário no link https://www.surveymonkey.com/r/depoimentoBlogAR⠀

Doe a sua história! ❤

#Depoimento⠀

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

error: Cuidado: Nosso conteúdo possui direitos autorais