Ganhar Força Muscular é importante? Como eu consigo melhorar minha força muscular?

A fisioterapia pode ajudar e trazer grandes benefícios para você!

A primeira impressão e pensamento que uma pessoa com dores fortes e crônicas imagina é: Como este profissional da saúde pode pedir para eu realizar atividade física? Ele não sabe o que sinto como é minha dor?

Sabemos que nosso corpo foi feito para movimentar-se e, ao contrário de antigamente, é preciso de alguma maneira fazer com que isto ocorre.

A orientação de um profissional especialista e o acompanhamento do mesmo é fundamental para que você faça movimento/atividades físicas para melhorar a função do corpo. Tudo ocorre no devido tempo e conforme o estado clínico que o paciente encontra-se.

Porém, uma variável muito importante que precisamos manter sempre em condições muito boas relaciona-se com nossos músculos. É a Força Muscular.

Manter nosso músculo forte é fundamental para as atividades que realizamos diariamente. Ele garante que nossa rotina diária seja mais leve e, ajuda a manter nossas articulações (“juntas”) mais estáveis. Isto permite que as dores diminuam conforme conseguimos ficar mais “fortes”.

A fisioterapia, dentro da reumatologia, atua buscando uma melhor condição física para que as atividades diárias deixem de ser muito árduas. Para isso, temos como ferramenta os exercícios físicos. Eles são prescritos baseados no momento de cada individuo perante a atividade da doença.

Conforme o quadro doloroso e/ou inflamatório fique melhor, ou seja, a crise mais aguda melhore, os exercícios evoluem também. Cada um sendo indicado de forma individual. Assim, o simples fato de começar a mexer o corpo de maneira diferente, já provoca adaptações nas estruturas mais internas dos músculos que, mesmo no inicio do treino de força, tem-se a percepção de melhora e bem estar do corpo.

Muitas pessoas tem a percepção que a dor piora quando inicia qualquer exercício físico. Isto pode ocorre com qualquer um que inicia um programa de exercício. Porém, a percepção que é algo passageiro e uma adaptação à atividade devem estar em mente. Pois, os benefícios de ter um corpo mais ativo certamente são muito melhores.

Mas nunca deixem de lado os sinais do seu corpo e comuniquem sempre ao profissional que te acompanha como você se sente a cada sessão/treino, durante e após, para que tudo seja revisto e programado para o seu melhor.

Você é muito mais! Confie.

Junto somos mais!

Dra. Aline Chiari

Fisioterapeuta, especialista e mestre em reumatologia pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), diretora executiva na Caminhos Fisioterapia.

Apaixonada por transformar e potencializar vidas.

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: