Colunas da Pri Em destaque

Entenda porque, pacientes reumáticos devem se vacinar contra a gripe influenza e sua importância diante da pandemia do coronavírus

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, no mundo entre 290 a 650 mil mortes, foram causadas por doenças respiratórias relacionadas ao vírus influenza.

O risco de complicação pelo vírus influenza é aumentado em pacientes imunossuprimidos, como é o caso dos pacientes reumáticos ou com doenças inflamatórias, que não só precisam, mas devem tomar a vacina contra a gripe influenza que é disponibilizada pelo Programa Nacional de Imunização, alerta a médica reumatologista Dra Gecilmara Cristina Salviato Pileggi, coordenadora da Comissão de Doenças Endêmicas e Infecciosas da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

A vacina da gripe influenza protege contra o coronavírus?

Apesar da vacina da gripe influenza não proteger contra o coronavírus, é a melhor ferramenta para se resguardar de complicações de doenças respiratórias, que podem impactar o sistema imunológico e favorecer o aparecimento de outras infecções. Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2019 o Brasil registrou 1.109 óbitos decorrentes de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), causadas pela gripe Influenza, 73% destas mortes foram de pessoas com fatores de risco determinantes para contrair a gripe influenza, ou seja, pacientes do grupo de risco, por isso, vacinar-se é essencial para a proteção dos pacientes reumáticos e imunodeprimidos.

A vacina contra gripe influenza é administrada gratuitamente nos postos de vacinação do SUS e protege contra os seguintes vírus:

  • Influenza A – H1N1
  • Influenza A – H3N1
  • Influenza B 

Pacientes reumáticos e com doenças inflamatórias fazem parte do grupo de risco, por fazerem uso de medicamentos imunossupressores e a vacinação gratuita foi iniciada no dia 16 de abril e vai até o dia 22 de maio de 2020.

Podem ser imunizados gratuitamente:

  • Crianças de 6 meses a 5 anos de idade;
  • Gestantes e puérperas, isto é, mães que deram à luz há menos de 45 dias;
  • Idosos;
  • Profissionais de saúde, professores da rede pública ou privada, portadores de doenças crônicas, povos indígenas e pessoas privadas de liberdade;
  • Portadores de doenças crônicas também têm direito à vacinação gratuita.


    Importante saber que:

    • Todos os pacientes reumáticos podem e devem se vacinar contra a gripe;
    • Não é preciso parar de tomar nenhum dos medicamentos usados no tratamento das doenças reumáticas.

      Atualizado em, 20 de abril de 2020.

Confira o vídeo com explicações sobre a vacina da gripe influenza 2020 e não perca o prazo, proteja-se!

[videopress ydQzFsXK]

Referências:
Portal Ministério da Saúde  http://portalms.saude.gov.br/component/content/article/918-saude-de-a-a-

https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/marco/30/GRIPE-Informe-Tecnico-Influenza–final-2.pdf

Referência : Portal Who. Into

Revisão médica: Dra Gecilmara Cristina Salviato Pileggi, coordenadora da Comissão de Doenças Endêmicas e Infecciosas da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

Artigos Relacionados

A chegada da artrite reumatoide

Priscila Torres

Se não puder fazer tudo que quer, faça tudo que puder! A artrite reumatoide não é mais forte do que sua vontade de vencer!

Priscila Torres

Confira a lista de medicamentos para Artrite Reumatoide coberto pelo SUS

Priscila Torres
Loading...