Dor nas mãos! Tem jeito?

Como todos sabem muitas doenças que envolvem as articulações e músculos trazem prejuízos para nossas mãos. A artrite reumatoide é uma que judia muito destas estruturas. Também, tudo que fazemos no dia a dia passa pelas nossas mãos. São estruturas fantásticas, mas muitos frágeis também. Hoje, trago algumas dicas para auxiliar esquecermos a dor e aliviar também.

A dor não incomoda somente o físico. Nosso emocional também pode ser afetado. Ela começa a irritar, principalmente, quando só pensamos nela. Porém, algumas atividades simples podem ajudar muito no alívio da dor. Para esvaziar nossa mente da dor, escreva em um papel todo o pensamento relacionado a ela. Não precisa ser somente em relação à mão, pode ser na forma geral. Como atrapalha nossa vida, como seria seu dia e suas tarefas sem ela. Coloque seus medos.

Escreva tudo que queira neste papel e depois, sem ler novamente, queime. Este processo trabalha com nosso inconsciente e nos traz uma sensação de liberdade. Como se tudo isso já estivesse ocorrido e se resolvido. É uma forma de esvaziar a mente do que nos causa sentimentos como ansiedade.

Ao acordar, realize movimentos leves com os dedos, punho, cotovelo e ombros. Sempre no limite que é permitido pelo seu corpo. Isto ajuda a lubrificar nossas juntas, aquece as estruturas e facilita os movimentos futuros. Faça de forma lenta e contínua.

A auto-massagem em todo o braço também é um instrumento a ser utilizado. Comece da região do pescoço, passe pelo ombro e desça suavemente até os dedos das mãos. Uma hora até a palma da mão, na outra até o dorso. É preciso que realize no braço todo, em todas as regiões. Pode ser com qualquer óleo ou hidratante corporal. Ao massagear, estimulamos de forma agradável a região dolorida, organizamos aqueles nervos que estão embaralhados e uma agradável sensação de alívio é proporcionada.

Mantenha as mãos sempre quentes. Sabemos que há uma quantidade grande de sensores de dor nas mãos e, a combinação com o frio não agrada muito. Aqueça esfregando uma mão na outra ou imergindo em água morna. Isto alivia as sensações de dores, agulhadas que aparecem quando menos esperamos.

Caso você já realiza algo que traz alívio, comente para que juntos possamos ajudar mais e mais pessoas.

Vamos juntos!

Dra. Aline Chiari
Fisioterapeuta, especialista e mestre em reumatologia pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), diretora executiva na Caminhos Fisioterapia. Apaixonada por transformar e potencializar vidas.

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

Planejar aposentadoria fica ainda mais difícil na pandemia

Trabalhador deve conhecer sua vida contributiva e as regras da Previdência antes do pedido A pandemia de Covid-19, a crise econômica e a reforma da...

Procure conhecer tudo à respeito da sua doença e como você pode se ajudar! E acima de tudo, nunca desista!

No final de 2015, tive uma febre tão alta que me debatia na cama. Depois disso, não conseguia mais escovar dentes, pentear os cabelos,...

Live irá debater a falta de medicamentos nas Farmácias de Alto Custo

ReumaLive: Direitos dos Pacientes: Assistência Farmacêutica Em dezembro de 2020, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), emitiu um documento em que foi declarado...