Notícias

Cientistas descobrem por que as mulheres sentem mais dor do que os homem

Pesquisadores da Universidade do Arizona (EUA) descobriram que a prolactina pode explicar por que as mulheres sentem mais dor do que os homens. O estudo, publicado no dia 5 de fevereiro no periódico Science Translational Medicine, sugerem que novas terapias direcionadas ao sistema desse hormônio seriam mais úteis às mulheres que sofrem com dores.

Segundo Frank Porreca, um dos autores, a ciência mostra que as mulheres sempre sentiram mais do que os homens alguns tipos de dores que não têm explicações, ou melhor, dores que existem sem que a pessoa tenha algum tipo de lesão, como as enxaquecas.

Artigos Relacionados

Muitos pacientes com artrite reumatoide, decidem lutar contra a doença em silêncio

Priscila Torres

FDA Classifica inibidor seletivo da JAK1, da AbbVie, como terapia inovadora para dermatite atópica

Priscila Torres

INSS – Tempo estimado para recuperação da capacidade funcional

Priscila Torres
Loading...