A dor te impede de curtir o carnaval? 7 DICAS para cair na folia sem culpa

O carnaval já chegou assim como o mês de fevereiro. A alegria e clima de festa está em todos os lugares, o comércio se prepara para os foliões caírem na alegria, as pessoas compram fantasias e planejam os dias de cair na folia. Mas e quem convive com uma dor crônica? Aonde fica no meio desse carnaval todo? Ter uma doença não te impede de se divertir, mas o carnaval está preparado para receber essas pessoas?

Como fazer para ter o direito de se divertir sem correr riscos? Sabemos que o carnaval é uma época insalubre para qualquer pessoa que convive com doença crônica devido ao risco de contagio de DST’s e outros tipos de infecções, pois o sistema imunológico é frágil. Mas se você é um amante do carnaval não precisa ficar limitado em casa por causa da doença, há maneiras de curtir de forma mais segura possível, sem sobrecarregar a sua saúde e sem culpa!

Conheça 7 super dicas para festejar sem medo:

  1. Bailes em clubes: Sabe aqueles bailes de carnaval tradicionais de 20 anos atrás? Eles ainda existem por incrível que pareça e são uma opção super possível e acessível para quem não tem condições de ficar horas correndo atrás de trio elétrico. Esses bailes geralmente possuem uma estrutura com local para sentar e descansar, banheiro sempre limpo, opção de alimentação para você que não pode passar horas sem alimentação. Você pode curtir uma boa música com seus amigos e/ou familiares, sem cansar e de forma segura.
  2. Realize o seu próprio carnaval! Para pular carnaval muitas vezes não é preciso sair de casa, uma boa comida e música no espaço da sua casa pode ser uma opção para você que não consegue se locomover no meio de multidões. O carnaval não exige muito, o que importa é a alegria, então você pode vestir sua fantasia, preparar um ambiente agradável com a ajuda de amigos e partir para a festa!  E o melhor de tudo é que se você ficar indisposto(a) você já está em casa para se acomodar.
  3. Conforto é essencial. Use roupas e calçados confortáveis, isso garante que você tenha uma tarde ou noite de festa tranquila, sem dores no dia seguinte. Abuse do tênis ou sapatilhas ortopédicas, use roupas que você se sente bem.
  4. Use mas não abuse! Bebidas alcoólicas não são totalmente proibidas desde que ingeridas com moderação, você deve conversar com o seu médico, sobre o seu tratamento e a interação com o álcool para que você não tenha complicações futuras.
  5. Hidrate-se! Beba muita água, é verão, faz calor, e você precisa manter seu corpo hidratado para ele funcionar bem!
  6. Não esqueça o tratamento. O tratamento não entra em férias nas festas, programe sua folia e ajuste o seu tratamento, retirada de medicamentos e consultas conforme a sua agenda. Se você utiliza medicamentos que tem dias específicos para serem utilizados c omo metotrexato ou biológicos por exemplo, não escolha cair na folia nesses dias.
  7. Respeite os seus limites! Não faça nada para agradar outras pessoas além de você, não exagere na farra para não pagar o preço de sofrer com dores no dia seguinte, aproveite o carnaval com responsabilidade e moderação. Previna-se!

Gostou das dicas? Tem alguma dica bacana? Comente aqui e compartilhe esse post nas redes sociais!

Por: Dayane Ferreira de Melo

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: