Será que todo dia, vai ser sempre assim

“Indisposição, fadiga, rigidez matinal” como é chato acordar robotizada, com movimentos sincronizados, corpo cansado, uma fadiga que parece que carregamos pedra a noite toda. Como eu queria minha vida de volta, quando apenas um banho me despertava pela manhã, hoje meu dia sempre começa após as 16 hs, quando me sinto mais disposta, com a dor sob controle e a rigidez já foi embora. Escolhi a noite para fazer tudo, limpar casa, fazer comida, enfim…. meu dia começa as 16…. e minha dor as 06.
A vida dos reumáticos é feita de ventos, ventos de estabilização da doença, ventos de atividade da doença … e o que fazer …. “apenas esperar passar” porque sabemos que não há mal que dure para sempre.
Compartilhando nossas dores, ela se torna mais leve. Para mim isso é uma auto-terapia. “Dias melhores pra sempre”

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

4 Comentários

  1. Olá, Teresa..

    Por mais tortuoso que seja nosso caminho, a gente sempre encontra uma nova forma de caminhar.. desistir jamais.. é isso ai..

    Olha o excesso de peso assombra a todos nós dependentes de corticóide, mas não fique sedentária, procure fazer exercícios físicos, aeróbicos, exercicios para aumentar a força muscular. Converse com seu médico, peça autorização e medicação para dor, vc ira usar remedio pra dor apenas nos primeiros dias de exercicios, depois o corpo se acostuma e nos ajuda a amanhecer mais dispostas e é claro aumenta nossa auto-estima e diminui nossos muitos kls a mais..

    Movimente-se …

    Bjão..

  2. Priscila, quando achamos que estamos limitados, dependentes, carentes… que a artrite reumatóide paralisou nosso caminhar, encontramos na estrada da vida pessoas como vc que passa por uma estrada tortuosa,mas não se entrega.
    Éisso aí,a vida nos prega peças… mas temos q ser fortes. Desistir JAMAIS.
    Sou professora e estou afastada devido a artrite reumatóide soro positivo que me acometeu as mãos e tornozelos. Mas o que mais me aflige é os quilos que acumulam devido a vida sedentária e uso contante de corticóides…
    um abraço Teresa

  3. Priii
    Tava mexendo nos sites e de repente, não mais que de repente me vejo aqui…rs
    Dei uma olhada bem rápida, depois quero ver tudo com calma, mas já queria deixar um comentário aqui 😀
    Adorei te conhecer e estou com vcs pra qualquer coisa!!!
    Mtooos Bjos

Se você gostou dessa publicação, nos incentive a continuar, deixe seu comentário!