Se a gente não tivesse dor, como seria beldades?

Time de beldades lindas, nós bem sabemos “ a dor e a delícia de ser quem somos”, não é mesmo? Mas será que nós realmente entendemos a função de tantas dores? Muitas vezes ficamos desanimados, tristes e até mesmo revoltados por não entendermos a dor. Nós costumamos fazer de tudo para aliviar as dores, além das nossas medicações, compressas, receitas da vovó e etc.  E assim nós esquecemos de perguntar para que a dor existe? Como seria se não tivéssemos nenhuma dor, nem se quer uma dorzinha quando batêssemos o dedinho do pé na porta? Se esse desejo se tornasse realidade nós teríamos uma doença, ainda pior que a AR, nós teríamos a doença chamada Riley day, ocorrendo uma desordem no sistema nervoso prejudicando o funcionamento dos neurônios sensoriais responsáveis pelos estímulos de dor, as pessoas que sofrem desta doença tendem a morrer jovens, próximo dos 30 anos, devido aos acidentes que podem  acontecer por causa da falta de dor.

A dor deveria ser vista como uma mensageira, pois é através dela que descobrimos o que nos acontece, elas não são nossos inimigos, e sim nos trazem a mensagem de que algo não vai bem e que precisamos cuidar. Foi por causa das dores que nós descobrimos a AR não foi? E se não sentíssemos? Iriamos degenerar, entortar até morrer. Seria ainda mais triste, não?
Beldades quando estamos exaustos, cansados é porque precisamos descansar e a perda de apetite também é para não gastarmos energia e assim dormirmos. O nosso corpo mostra o caminho, e quando adormecemos e entramos na quarta fase do sono é então que regeneramos as células, ouça o que o seu corpo está lhe avisando!

Então beldades lindas o meu coração! Depois de tudo isso será que eu consegui mostrar para vocês que as nossas dores são nossos mensageiros? Não estou dizendo que você não pode chorar, e por falar em choro, está cientificamente comprovado que após o choro nós liberamos encefalina, uma endorfina que melhora a dor e o humor, isso acontece 20 min depois de ter chorado, ou seja o seu corpo também conta com essa anestesia natural. Em dias piores usem batom vermelho! Por falar nisso fiquei chocada com a lindeza de cada uma de vocês. Eu amei ver vocês de batom vermelho! Mulheres vocês realmente são beldades! Que orgulho do meu TIME!

Beijo vermelho, luz e paz e vamos que vamos!

Psicanalista, escritora e pedagoga
Colunista

Psicanalista (Instituto Paulista de Psicanálise), Pós-graduada em clínica Psicanalítica (Faculdade Einstein), Psicopedagoga clínica (FAAT), Acupunturista- MTC, Terapeuta Floral de Bach (Instituto Avalon, Ahau, Bioacupuntura, Okido Terapias, holus), Escritora, Pedagoga (FAAT) e Atriz (USF e escola de atores Wolf Maya-globo).

×
Psicanalista, escritora e pedagoga

Psicanalista (Instituto Paulista de Psicanálise), Pós-graduada em clínica Psicanalítica (Faculdade Einstein), Psicopedagoga clínica (FAAT), Acupunturista- MTC, Terapeuta Floral de Bach (Instituto Avalon, Ahau, Bioacupuntura, Okido Terapias, holus), Escritora, Pedagoga (FAAT) e Atriz (USF e escola de atores Wolf Maya-globo).

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!