Reumatologistas se reúnem em Maringá no fim do mês

A preocupação com a rápida evolução da medicina em termos mundiais e com a necessidade de informar corretamente a população, sobre uma das doenças mais comuns e pouco conhecidas da atualidade, motiva reumatologistas de todo o Paraná se reunirem em Maringá, no fim do mês.

O encontro, segundo explica o presidente da Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR), Marco Rocha Loures, é dirigido profissionais da saúde, entre médicos reumatologistas, clínicos, ortopedistas e residentes, além de estudantes de medicina.

“A SPR realiza dez reuniões anuais, entre fevereiro e novembro, sempre na última semana de cada mês, para discutir esta doença, avanços médicos importantes, novos medicamento etc, e é isso que estaremos fazendo, aqui em Maringá, nos próximos dias 28 e 29”, explicou Rocha Loures.

Os participantes do encontro, que acontecerá no Hotel Deville, terão palestras como a do médico Rodrigo Lupino Assad, que na abertura do encontro vai falar sobre as diferenças do tratamento com antiTNFs, em pacientes com artrite reumatóide. A anti-TNF é um bloqueador do fator de necrose tumoral, considerado um dos maiores avanços no tratamento das doenças reumatológicas, utilizado no Brasil há menos de uma década, e que ainda suscita discussões.

Serão ainda discutidos casos clínicos surgidos nas universidades estaduais de Maringá (UEM) e de Londrina (UEL) e a utilização de órteses (palestra do médico Marcos Renato de Assis), que são instrumentos que auxiliam os pacientes de reumatismo nos afazeres diários, como digitar, pegar escovas de dente, ferro de passar roupa, etc. Além de proporcionar um conforto, também é considerada uma moderna forma de tratamento, já que aumenta a mobilidade adequando os desvios e contraturas articulares.

O presidente da SPR informa que também serão discutidos novos tratamentos para a doença, a evolução dos medicamentos e a utilização de ultrassom (palestra do reumatologista Tulio Ravelli). “Estes avanços científicos, seja em medicamentos, seja na utilização de novos equipamentos ou instrumentos, como as órteses, são muitos importantes para minorar os sintomas dos pacientes de doenças reumáticas, daí a importância deste encontro”, acrescentou Rocha Loures.

O evento em Maringá será encerrado com a palestra do advogado Rodrigo Valente, que vai falar sobre “Medicação de alto custo e o Poder Judiciário”.

Reumatismo não é doença de velho

Reumatismo não é doença de velho. Este é um dos principais alertas feitos pela Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR), visando orientar a população. O reumatismo na verdade nem é uma doença só, mas sim o nome que se usa popularmente para se referir a uma série de doenças que acometem as articulações, ossos, cartilagens, ligamentos, tendões e músculos. Dentre as várias doenças reumáticas, algumas são mais comuns em adultos, outras em idosos, e outras em jovens e crianças.

“A artrite reumatóide é uma doença inflamatória crônica e auto-imune, que atinge principalmente as juntas e órgãos internos, como rins, coração e pulmões, comprometendo os movimentos da pessoa”, explica o presidente da SPR, Marco Rocha Loures.

Entre os principais sintomas estão mal-estar, rigidez pela manhã, perda de peso e falta de apetite, febre baixa, cansaço, dor no peito ao inspirar, dormência, formigamento e inchaço nas articulações dos pés, joelhos, punhos e mãos, que pode provocar a deformidade de acordo com a evolução do quadro e limitar a movimentação do paciente. “Uma característica da artrite reumatóide é o comprometimento da sinóvia, um tecido repleto de líquido que funciona como um óleo lubrificante, reduzindo o atrito entre os ossos”, informa o reumatologista.

Programação

28 de Agosto de 2015 – Sexta-feira, Hotel Deville, Maringá

19:45 – 20:00 – Abertura e Boas Vindas Dr. Marco Rocha Loures

20:00 – 21:00 – Tratamento com antiTNFs em pacientes com AR: há diferenças? – Dr. Rodrigo Lupino Assad (SP)

21:00 – 21:15 – Perguntas e Respostas

29 de Agosto de 2015 – Sábado

08:30 – 09:00 – Caso Clínico UEL

09:00 – 09:30 – Caso Clínico da UEM

09:30 – 10:00 – Órteses em Reumatologia – Dr. Marcos Renato de Assis (SP)

10:00 – 10:15 – Discussão

10:30 – 11:15 – Ultrassom em Reumatologia – Dr. Tulio Ravelli (PR)

11:15 – 12:00 – Reumatologia, medicação de alto custo e o Poder Judiciário – Dr. Rodrigo Valente (PR)

12:00 – 12:15 – Discussão

Contato

Dr. Marco Rocha Loures – (44) 9973-2900 (wathsap)

Sociedade Paranaense de Reumatologia (41)3324-6562

Fonte: Portal Paranaense de Noticias.

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!