Rapidez no diagnóstico da artrite evita deformações

As estimativas da Associação Nacional de Doentes com Artrite Reumatoide (ANDAR) apontam para que existam cerca de 40 mil pessoas em Portugal diagnosticadas com esta doença inflamatória crônica, que afeta e deforma as articulações e pode levar à incapacidade. Mas, segundo vários estudos na área da reumatologia, o peso deste problema pode ser aliviado para os pacientes através do diagnóstico precoce.

“Quando a pessoa recebe o diagnóstico, deve ser imediatamente referenciada para um especialista em reumatologia para começar a ser tratada o mais rapidamente possível”, explica Arsisete Saraiva, presidente da ANDAR. Aproveitando esta ‘janela de oportunidade’ – diagnóstico feito nos primeiros seis meses após o início dos sintomas – é possível lutar contra e evitar “as deformações nas mãos e nos pés, as baixas por doença no trabalho e a reforma antecipada”. “Pelo bem do doente e do Estado, todos poupam desta forma”, destaca Arsisete Saraiva.

Os sintomas da artrite reumatoide passam pela dor e inflamação articular, à qual pode ser associada uma sensação de rigidez nos movimentos, sobretudo no período da manhã. A doença pode ainda manifestar-se através de febre e de redução da força aliada a um estado de cansaço.

SAIBA MAIS

1800 foi o ano em que o médico francês Augustin Jacob Landré- -Beauvais fez aquela que é considerada a primeira descrição de artrite reumatoide. Este relato associava a doença à gota, outro problema reumatológico.

Nome atribuído em 1859

Só em 1859 foi atribuído à doença o nome pelo qual ainda hoje é conhecida. O termo artrite reumatoide foi criado por Alfred Baring Garrod, médico britânico reconhecido com o título de ‘Sir’, entre outras honras.

Conselho da semana

A Associação Nacional de Doentes com Artrite Reumatoide (ANDAR) apela aos  pacientes para que “nunca desistam do tratamento, pois é a única forma de prevenir a progressão da doença e de esta entrar em remissão”. Segundo a ANDAR, “a depressão é o problema psiquiátrico mais frequentemente associado à artrite reumatoide”, por isso deve ser procurada ajuda especializada ao primeiro sinal desta doença.

Ler mais em: https://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/rapidez-no-diagnostico-da-artrite-evita-deformacoes

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));