Primeiro a artrite reumatoide, depois vasculite e um Deus que tudo pode fazer

Em fevereiro de 2015, comecei a ter fortes dores nas minhas pernas, depois das dores apareceu manchas avermelhadas chamadas de púrpura palpável. Passaram alguns meses e eu não conseguia descobrir o que eu tinha, fiz vários exames de rotina, mas nenhum médico conseguia desvendar e dar um diagnóstico correto. Fiz várias consultas no hospital municipal da minha cidade, e finalmente o médico achou que eu estava com começo de Artrite e pediu que eu procurasse um reumatologista, e assim eu fiz.
Procurei o reumatologista, fiz os exames que o mesmo solicitou e fui diagnosticada com Artrite Reumatoide (na artrite reumatoide, o sistema imunológico, responsável por proteger o nosso organismo de vírus e bactérias, também ataca os tecidos do próprio corpo –especificamente a membrana sinovial, uma película fina que reveste as articulações.). Comecei o tratamento por 45 dias, mas o tratamento não deu certo, a crise voltou e sofri mais uma vez.
Voltei ao médico e ele passou outro tratamento, dessa vez deu certo, fiz o tratamento e em dezembro fiz todos os exames novamente e para a minha alegria e a alegria da minha família, meus exames estavam ótimos, comemorei, brinquei, dancei, fiquei muito feliz. Mas infelizmente, em janeiro de 2016, eu tive uma virose e a crise voltou, mas dessa vez voltou com toda a força.
Eu sofria muito, as manchas preencheram meu corpo e as dores aumentaram, fiquei sem andar, sem movimentar nenhuma parte do meu corpo, fui no hospital da minha cidade, mas nada puderam fazer, então me encaminharam para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel em Natal, tomei doses de corticoide fortes, e então fui diagnosticada também com vasculite (As vasculites são doenças causadas por inflamação dos vasos sanguíneos do organismo. Nestas doenças, a parede dos vasos sanguíneos é invadida por células do sistema imunológico, o que pode provocar estenose (estreitamento), oclusão (fechamento), formação de aneurismas e/ou hemorragias). Passaram a medicação necessária. Deram um prazo de que a medicação só ia fazer efeito com um mês, mas fez efeito com uma semana de tratamento.
Hoje eu vivo feliz, trabalho, estudo, tenho minha família do meu lado que nunca me abandonaram, sempre estiveram do meu lado. Tudo isso, agradeço a Deus, sei que ele testa a minha fé e a cada dia que passa eu amo o meu Deus, o Deus do impossível, o Deus soberano, o Deus que tudo pode. Então, tudo que você pedir no nome dEle, Ele fará. João 14:13 E assim, seja o que for que vós pedirdes em meu Nome, isso Eu farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.

Ana Patrícia.

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!