Por ser mal compreendida acabei me isolando

Fui diagnosticada com Artrite Reumatoide Psoriásica há 5 anos, mas desde os 8 anos tenho psoríase. A primeira vez que tive sintomas de Artrite foi uma dor no braço direito e no ombro muito forte. Fiquei o dia inteirinho no pronto-socorro e me disseram que poderia ser hérnia de disco, hérnia cervical. Fiz todo tratamento para hérnia cervical, nada resolvia, tinha inclusive indicação de cirurgia, quando descobri essas dores terríveis no quadril, joelhos, tornozelos, punhos, pés e mãos. Não conseguia me mexer na cama. Com esse quadro bem delicado, fui orientada a procurar um reumatologista e ela solicitou uma bateria de exames. Confirmado o quadro, iniciei tratamento com metotrexato e outras medicações bastante fortes. Desenvolvi um quadro depressivo e bastante severo e a psoríase ficou bem evidente nas unhas, joelhos, pescoço, orelha e couro cabeludo, quando então foi associada ao quadro de reumatismo.

Anos antes do diagnóstico tive infeções intestinais, urinárias, que geraram internações, nem sei quantas, e duas cirurgias no intestino. Infecções no pulmão e bronquite, também nem sei quantas. Minha reumatologista disse que era por conta da imunidade baixa, que a Artrite deixa o organismo debilitado mesmo. Creio que desde criança tenha Artrite, pois sempre sentia dores terríveis no corpo todo e eram inexplicáveis . Há um ano parei com todas as medicações, vou administrando com anti-inflamatórios, pois as medicações convencionais me deixavam muito para baixo. Atualmente tenho poucas lesões de psoríase e tomo bastante sol, o que diminui as lesões. Faço alimentação balanceada. Trabalho um dia sim outro não. Poupo esforços, pois se faço muitas atividades no mesmo dia, no outro as dores são insuportáveis e a fadiga é dobrada e não consigo sair da cama.

Sou advogada e tinha um escritório muito atuante, mas em razão de tantas internações e das dores horríveis fui obrigada a fechar e atualmente faço equilíbrio trabalhando em estilo home office e sem realizar meu maior sonho que é passar no concurso público para magistratura do trabalho. Sempre saia antes das reuniões familiares e fui mal compreendida, como pessoa antissocial e problemática, acabei me isolando.

Me chamo Deise Loures, tenho 46 anos, tenho artrite psoriásica há 5 anos, sou advogada, moro em São Paulo.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Social Media
Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!