O que é dor crônica?

Sabe aquela dor que insiste em não sumir? Pois é, pode ser um sinal de dor crônica. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esta condição pode afetar 30% da população global.

“Pode ser uma dor de dente, um dor do câncer ou uma dor de cabeça. Existem evidências de que a dor na coluna é a que prevalece nas pesquisas e na procura por ajuda nos hospitais e clínicas”, explica a cinesiologista Mariana Schamas, membro da Sociedade Brasileira para Estudos da Dor (SBED).

Como não há uma doença específica que possa aparecer, a prevenção baseia-se em alimentação saudável, boa hidratação, boa qualidade do sono, atividade física e gerenciamento do estresse. Da mesma forma, os tratamentos também podem ser variados: desde os mais simples, como tomar analgésicos até tratamentos cirúrgicos.

“Existem remédios certos para diferentes tipos de dor e a automedicação é um veneno. Além de não ajudar, pode mascarar o diagnóstico”, alerta Schamas.

Alguns tipos:

  • Dor do câncer
  • Dor do idoso
  • Dor na criança
  • Dor no homem e na mulher
  • Dor no atleta
  • Orofacial
  • Musculoesquelética
  • Neuropática
  • Articulações
  • Central
  • Inflamatória
  • Psiquiátrico
  • Urogenital
  • Pós-operatória

“Dor é complexa e exige conhecimento e investigação para ser tratada adequadamente, de maneira multiprofissional, para ser gerenciada e trazer alívio para quem a sente”, conclui a médica.

Fonte: Blog da Saúde

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: