O que devemos conferir na hora da infusão do medicamento biológico?

Existe uma regra básica para conferência de um check-list durante a infusão e pré-infusão de medicamento biológico:

Antes da infusão é preconizado: 

  • Aferição de sinais vitais: pulso, pressão arterial e temperatura;
  • Realização de medicamentos pré-infusionais anti-alérgicos

Durante a infusão: 

  • Todos os medicamentos biológicos infusionais, independente de qual seja, deve ser infundido com gotejamento controlado através de “Bomba de Infusão” – que é um dispositivo eletrônico que controla quantas gotas por minuto serão infundidas na veia (corrente sanguínea), determinando fielmente em quantas horas o medicamento será infundido;
  • Confira o rótulo dos medicamentos que estão sendo instalados, os medicamentos biológicos são preparados em ambiente estéril, ou seja, não pode ser preparado na nossa frente, por isso quando a enfermeira chegar, confira: seu nome, o nome e a dose do medicamento. a hora do preparo.

Fique atento, o centro de infusão deve seguir a prescrição do seu médico assistente, obedecendo principalmente a dose em miligramas que foram prescritas.

Os medicamentos pré-infusionais podem ser infundidos fora da bombará infusão, porém o biológico não, não aceite biológico sem bomba de infusão,o gotejamento fora do prazo estabelecido pelo médico, pode potencializar os efeitos colaterais infusionais.

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!