Nutricionista apresenta dicas para prevenir osteoporose através da alimentação

Atualmente cerca de dez milhões de brasileiros sofrem de osteoporose. Uma a cada quatro mulheres com mais de 50 anos desenvolve a doença. No Brasil, a cada ano ocorrem cerca de 2,4 milhões de fraturas decorrentes da osteoporose. Duzentas mil pessoas morrem todos os anos no nosso país em decorrência destas fraturas. Mas, mesmo após uma fratura osteoporótica, o paciente não é encaminhado para tratamento o que leva a um aumento do risco de uma nova fratura.

Locais comuns de aparecimento da doença:

Coluna (vértebras);

Bacia (fêmur);

Punho (rádio);

Braço (úmero).

Sinais e sintomas

Dor nas costas;

Diminuição da estatura em idosos.

Diagnóstico

O diagnóstico precoce da osteoporose é feito pela medida da densidade óssea, através do exame da Densitometria Óssea.

“Este exame está indicado para todas as mulheres a partir de 65 anos e para todos homens com 70 anos ou mais. Além disto, todas mulheres menopausadas e todos homens com mais de 50 anos, que possuam algum fator de risco devem realizar o exame para confirmar a presença da doença”, fala Estela.

População de maior risco

– Mulheres menopausadas;

– Indivíduos de raça branca;

– Pessoas de baixa estatura (magrinhas e pequenas);

– Mulheres com menopausa precoce;

– Fumantes;

– Pessoas que já tiveram alguma fratura na idade adulta.

Alimentos para prevenir a doença

“O risco de desenvolver a Osteoporose pode ser reduzido, se medidas como uma alimentação rica em cálcio, manutenção de uma atividade física regular e aporte adequado de Vitamina D, forem proporcionados ao longo da vida. Entretanto, é importante salientar que, mesmo com todos estes cuidados, uma parte dos indivíduos vai ter osteoporose, pois a herança genética ainda não pode ser modificada”, revela a nutricionista.

Dicas para a prevenção:

ALIMENTAÇÃO:

Uma alimentação rica em cálcio e magnésio são essenciais para a prevenção de doenças como a osteoporose. Inclua na sua alimentação:

Alimentos ricos em cálcio:

– Couve verde

– Brócolis

– Espinafre

– Grão de bico

– Amêndoas

– Quinua

Alimentos ricos em magnésio, potássio e vitamina C:

– Frutas e verduras

EXPOSIÇÃO ADEQUADA AO SOL:

A vitamina D é muito importante para a saúde óssea. A exposição ao sol por cerca de 15 minutos diariamente é fundamental para aumentar os níveis de vitamina D.

ATIVIDADE FÍSICA:

A musculação é indicada para o fortalecimento muscular e ósseo. Durante a musculação ocorre a contração muscular que ajuda na entrada de cálcio no osso.

DICA DA NUTRI

“Pessoas idosas dever ter mais atenção e prevenir o surgimento da osteoporose. Logo, o ideal é iniciar o fortalecimento dos ossos com uma boa alimentação, rica em frutas, verduras e folhas verdes. Tomar sol diariamente e praticar regularmente atividade física e evitar o excesso de refrigerantes, sal e café na alimentação pois eles podem atrapalhar a absorção do cálcio”, indica Estela.

Fonte: http://novo.folhavitoria.com.br/geral/noticia/2017/10/nutricionista-apresenta-dicas-para-prevenir-osteoporose-atraves-da-alimentacao.html

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!