Naiara

Olá pessoal me chamo Naiara tenho 21 anos e há pouco mais de um ano descobri que tenho “Doença de Still” (Artrite Idiopática Juvenil forma sistêmica). Tudo começou com a virada do tempo de calor para frio quando acordei no dia seguinte parecia que tinha apanhado de tantas dores que eu sentia, logo em seguida apareceu as febres muito altas, muitas idas e vindas do hospital e nenhum medico descobria o que eu tinha e as dores só piorava e não acreditavam em mim principalmente minha mãe falava que era frescura minha. Quando um dia fui trabalhar passando muito mal, depois do almoço não suportei mais pedi para ir ao médico e eles viram que eu estava muito mal me dispensarão na hora. Fui ao pronto atendimento, muito mal, estava com taquicardia, muita febre, e meus exames muito alterados, fui internada no mesmo dia na Santa Casa da minha cidade e ai começou minha luta pela vida por morar em cidade pequena não tinha recursos para descobrir o que eu tinha. E o meu estado de saúde foi piorando muito e a doença estava fazendo um arrastão em meu organismo, tive derrame pleural, meus rins pararão, baço, fígado tudo muito inchado, foi quando me mandaram para o CTI e me induzirão ao coma pois tinha muitas convulsões e lá fiquei por 16 dias, tive uma melhora quando comecei a tomar corticóides em doses altíssimas, fui para o quarto e me deram alta sem nenhum diagnóstico e me mandaram procurar ajuda fora. Graças a Deus consegui uma vaga em um dos melhores hospitais escola do brasil, hoje faço tratamento no Hospital das Clínicas em Ribeirão Preto e foi lá que voltei a ter esperanças de uma vida melhor. Hoje depois de várias tentativas com muitos medicamentos estou tomando um novo biológico que se tornou minha esperança de voltar ter uma vida “quase” normal. Para quem descobriu agora ou que já faz algum tempo que possui a mesma doença que a minha ou outra não desista de lutar eu estive quase morta e Deus me levantou da cama de um hospital e me deu uma nova oportunidade de provar que nós somos mais fortes que tudo isso que acontece na nossa vida. Deus não dá um fardo maior que não podemos carregar, por isso lutem somos mais fortes que essas doenças e quando os médicos falarem que não tem cura não liguem com isso a cura está no tamanho de nossa fé temos o maior dos maiores médicos do mundo “Deus” acreditem nele que tudo vai dar certo…. Muitos beijos e boa sorte a todos…

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

3 Comentários

  1. ola nayara tenho a mesma doença tomo o biologico embrel e tenho uma vida normal
    estou me formando em educaçao fisica e minha monografia e sobre nossa doença baseando em terapias paralelas como a atividade fisica para combater a artite se puder entrar em contato comigo pelo face agradeço muito para trocarmos experiencia e ajudar a mais pessoas..

Olá, deixe um comentário!