Minha segunda infusão do Rituximabe

Hoje venci a 2º infusão do Mabthera, a infusão foi realizada em uma unidade da Clinica CIP, devido a fatalidade do atendimento na Unidade Pacaembu, eu e meu médico reumatologista Dr. Thiago Botar, tivemos uma retratação do ocorrido, e diante disso.  Decidos  realizar  os serviços da CIP em outra unidade, dessa vez fui atendida no CIP-Tatuapé.
Descrevendo o atendimento, ao chegar no CIP fui atendida prontamente por uma recepcionista atenciosa, delicada de voz suave tranquila, que prontamente solicitou o medicamento, encaminhando para o preparo pela farmacêutica, concluiu em menos de 10 monitos o atendimento administrativo, então, fui encaminhada para a avaliação com o médico responsavel, Dr Chan, que realizou a entrevista médica, fez as adaptações na prescrição, então, pronta para ir ao local da infusão.
Chegando, fui recebida pelo Enfermeiro Sr. Manuel, com toda a atenção e humanização de bom enfermeiro, apresentou toda a dinamica de infusão, apresentou todas s medicações identificadas e em perfeita condição de uso, fez as perguntas de enfermagem, ja acomodada na poltrona, inicimos então a busca por um acesso venoso (veia), logo na segunda picadinga o Enf Manoel conseguiu uma veia na mão e incrivelmente, a picada na mão não doeu e se manteve forte durante todo o procedimento.
Iniciando a medicação, recebi um sorinho, primeiro a dose de Solumedrol, uma dose de sorinho com Benadryl, quando começou o Benadryl eu já estava frutuante, verdadeiramente tonta, levando-me a ter um relacionamento sério com a cadeira de infusão, fiquei grudada nela, pois maquele momento o mundo girava de verdade. Assim que terminou o Benadryl, passou um sorinho para limpar a veia e iniciou a infusão do Rituximabe (Mabthera), foram 4 horas infundido com controle de ml/hs através de uma bomba de infusão divina que não berrou menhuma vez minha cabeça já tonta de benadryl, a infusão do Mabthera ocorreu sem nenhuma intercorrência, não tive garganta fechada, nem ouvido surdo e nem aquele calorão.
O Dr. Chan, explicou que durante a infusão pode dar uma febricula, por isso, ele indicou paracetamol, como não posso paracetamol por causa da hepatite, ficou valendo a dipirona que havia tomado para dor momentos antes. (Isso não sabia).
Durante toda a infusãp fui assistida e cuidada pelo enfermeiro Manoel, que auxiliou as idas ao banheiro, e uma segunda enfermeira (não decorei o nome), sinais vitais foram controlados varias vezes.Dr. Chan, durante a infusão estava a todo momento ver se eu estava bem.
A infusão que recebi hoje no centro de infusão especializado em reumatologia e doenças autoimune, foi tranquila, todos os procedimentos de pré – intra e pós infusão foram realizados de forma ética, técnica e responsavel em todos os parametroa desde a recepção.
Certamente a fatalidade ocorrida na unidade do Pacaembu, foi um desastre e serviu para fazer parte do processo de melhorias interna. E diante do atendimento que tive só posso agradecer a toda a equipe #CIP_Tatuapé, humanização noa serviços de saúde tanto quanto uma alta tecnologia médica.
Obrigado Enfermeiro Manoel e Dr. Chan, vcs possibilitaram o conforto e tranquilidade dessa infusão.
Agora é, esperar os eventos adversos dos próximos 4 dias.

  1. Reijane Corty Diz

    é isso ai Priscila ..vamo que vamo.bjs

  2. Cristian Salemme Diz

    Sucesso no tratamento amiga… boa sorte e resultados maravilhosos sempre.

    1. Priscila Torres Diz

      Obrigado, Cris!!! Sei que vc tb andou passando uns apertos, forças querido 🙂

  3. Maria Aparecida Nascimento Diz

    boa sorte priscila

  4. rosana aparecida do nascimento amador Diz

    Sou portadora de AR e faço infusão de ritoximabe desde 2010, e faço no CIP TATUAPÉ, e sou muito grata pela atendimento humano que eles dão ao paciente….obrigado.

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: