Luto diariamente contra mim mesma

Durante anos me queixava de dores, as supostas dores fraquinhas, eu não ligava e logo passava, mas tinha dias que eu sentia dores por semanas consecutivas. Em 2015 eu conheci o homem da minha vida, e com 2 meses de namoro tive uma crise horrível de dores, eu inchava muito e não sabia o que fazer, todos diziam que era zika, dengue ou chikungunya, foi horrível cheguei a ir ao medico com o corpo literalmente todo inchado carregada, eu comparecia ao UPA  e eles me davam dipirona e corticoide mas não diziam o que eu tinha, diziam que a zika estava alastrando (que sufoco), foi horrível e eu só me desesperava cada dia mais.

Até que resolvemos procurar outro medico e esse então passou um exame que deu alteração reumática, dai começou minha saga a procura de um reumatologista porque o clinico disse que não podia diagnosticar nada, fizemos um plano e achamos o tal reumatologista, mas quem disse que descobriu, passei 6 meses fazendo exames e mais exames tomando remédios e nada passava, resolvi mudar de medico há 7 meses atras e esse de cara me disse: você esta com AR. Luto diariamente contra mim mesma, tento por diversas vezes vencer meus obstáculos e é muito difícil, pois sempre fui ativa e hoje choro escondida.

Acordo pela manhã por diversas vezes cheia de dor, tem época que nem banho consigo tomar, me torno dependente, meu marido tendo que fazer tudo, queria mesmo era que tudo isso acabasse, mas estou me encaixando e buscando meu espaço, eu quero e posso ter uma vida normal e eu quero muito isso.  As dores são constantes, as lagrimas também, sei que nesses quase dois anos tenho sido forte trabalho normalmente sou fotografa e esse e meu único refugio, faço tudo quando não tenho dor, creio que jesus é a cura e acredito fielmente nisso só preciso aterrizar e achar meu lugar.

Me chamo Ester Ferreira dos Santos, tenho 27 anos, convivo com a artrite reumatoide há 2 anos, sou fotógrafa, moro em Salvador – BA.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!