Lutando com a AR, Lúpus e SAF e tendo total certeza que enquanto tiver forças e FÉ farei o que gosto dentro de minhas limitações. Ser feliz é a melhor opção!

Aos quatro anos apresentei febre reumática, na época o tratamento era com o que havia (benzetacil) e não tinha muita explicação. Aos onze tive muita melhora pois minha infância foi de fadiga e várias doenças (fungos, pele, manchas, etc). Consegui ter um filho aos 20 anos e aos 34 meu útero foi retirado pois não havia condições de fazer qualquer  tratamento para reverter tantos miomas.
Tudo ia bem até uma pneumonia fúngica grave quase me levou a óbito. Mesmo assim, nenhuma novidade sobre o lúpus. E as pneumonias se repetiam (mais de 40 internações). Em 2010, uma embolia e também não investigaram doenças reumáticas nem SAF. Trabalhando, senti meu braço esquerdo parar. Inchado, vermelho e muita dor. Um médico do trabalho olhou, pegou e disse: isso é lúpus! Tome aqui sua receita com corticoide e reuquinol e procure um reumatologista.
Bem… Eu nem entendi! Lúpus? Sua quando tempo? Ahhhhhhhhhh… O corticoide é ótimo! Para a dor rapidinho. Procurei o reumatologista… Na verdade foram cinco! Para ter certeza do que eu escutava. Enfim. Não sei tempo sofrendo. Fui internada muitas vezes pois atacou os pulmões de forma severa, interrompeu minhas atividades laborais e pessoais. Uma tristeza! Raiva! Revolta. Mas não cabia nem ter sentimentos. Tinha que agir. Passei  por vários biológicos (quase todos que acabaram perdendo a eficácia). Hoje eu faço infusão com Tocilizumabe e agregamos medicamentos para dor e outros. Estou 57 quilos além do que deveria. Lutando e tendo total certeza que enquanto tiver forças e FÉ farei muito o que gosto dentro de minhas limitações. Ser feliz é a melhor opção!

Sou a Giselle Braga, tenho 49 anos, com 4 anos tive Febre Reumática e desde os 43 anos convivo com Artrite Reumatoide, Lúpus e Síndrome do Anticorpo Antifosfolípide, demorei 5 anos para receber o diagnóstico, moro em Salvador na Bahia e sou assessora de eventos.

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!