Katia Cilene Lima de Sousa Silva

No final de 2009 começaram os primeiros sintomas da artrite reumatoide, só que não dei muita importância aos dedos das mãos que persistiam em não desincharem, o que só agravou e afetaram outros locais como ombros com muitas dores, até que não conseguia mais realizar pequenas tarefas como pentear meus cabelos sozinhas, daí resolvi procurar o clínico geral da cidadezinha do interior do Maranhão em que eu morava, que logo pelos sintomas ele me disse que eu poderia estar com uma doença chamada Artrite Reumatoide, e me encaminhou para um especialista, que só encontrei na capital, fiz as consultas e exames que me pediu e foi realmente confirmada que era exatamente AR, minha reumato me explicou tudo a respeito da doença e também para meu esposo e meu único filho hoje com 18 anos, meu mundo caiu, na minha cabeça várias interrogações surgiram, eu não aceitava a doença, tive um início de depressão, e foram dias muito difíceis, entrei com pedido de auxílio doença junto ao INSS e foi por algum tempo concedido, depois foi cortado, no qual estou brigando na justiça Federal para que seja reconsiderado, e foi a partir daí que passei a buscar saciar minhas dúvidas e achei  na internet, casos parecidos com o meu, e nessa busca incessante, encontrei no blog da Priscila Torres uma tábua de salvação, encontrei apoio e respostas as dúvidas que me consumiam, minha família me apoia, mais as vezes sinto que eles acham que sou manhosa e isso me doe muito, logo após o diagnóstico dei inicio ao tratamento e de lá para cá precisamos mudar algumas vezes de medicação até chegar onde estamos hoje bem melhor depois do uso do biológico enbrel(eternecept) (etl, de 50 mg, metotrexato, pantoprazol, ácido fólico, rivotril, paratran e profenid retard, os dois últimos em casos de fortes dores, sinto dores mais consigo realizar minhas tarefas que antes não fazia, hoje me sinto mais confiante e não descuido das consultas e exames que possam melhorar meu quadro e manter dormindo minha AR.(remissão).

Depoimento

Katia Cilene Lima de Sousa Silva tem artrite reumatoide, atualmente desempregada é casada teve um filho antes da doença,  tem AR há 5 anos,  a doença iniciou aos 42 anos e atualmente tem 46 anos

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!