Farmale

FBG lança campanha Setembro Verde para prevenção do Câncer Colorretal

Um estudo apresentado na última Digestive Disease Week (DDW) pela American Câncer Society (ACS), para mais de 14 mil especialistas de diversos locais do mundo, passou a recomendar que adultos a partir dos 45 anos sejam submetidos a exames regulares de rastreio do câncer colorretal. A nova diretriz antecipa em cinco anos a orientação anterior, de que a busca ativa por lesões tivesse início aos 50 anos, quando não há histórico familiar. Nos casos em que parentes do paciente tenham sido diagnosticados com a doença,o rastreio deve começar mais cedo, 10 anos antes da idade em que o familiar foi identificado com o tumor.

A antecipação foi defendida na DDW, entre 2 e 5 de junho, em Washington DC (EUA), após um levantamento apontar que a incidência da doença em pessoas com menos de 55 anos aumentou consideravelmente nas últimas três décadas, elevando-se de 11,6% nos anos de 1989 e 1990 para 16,6% entre 2012 e 2013 para tumores no cólon; e de 14,6% para 29,2% no mesmo período para a presença de lesões malignas no reto. O estudo concluiu que as pessoas nascidas a partir de 1990 terão risco dobrado para o câncer de cólon e quadruplicado para a manifestação da doença no reto, na comparação com as pessoas nascidas em 1950.

A FBG está distribuindo o folder para conscientizar sobre a doença e como se prevenir.

A Campanha terá início em setembro com a participação de todas as Federadas regionais, que realizarão ações sociais em várias cidades brasileiras.

Acesse aqui o Folder da FBG da Campanha Setembro Verde 2018

Fonte: FBG

Artigos Relacionados

Hidrocefalia associada à síndrome congênita causada por zika

Cyltezo, biossimilar do Humira é aprovado pela FDA

Alessandra de Souza

ANAC E REGRAS PARA AJUDAR BRASILEIROS

Loading...