Familia é fundamental na saúde e na doença

Bem, meu nome é Samara de Souza Paim Lourenço, sou casada há 2 anos e 8 meses e não tenho filhos. Moro em Florianópolis – Santa Catarina. Levava uma vida normal, trabalhava, até que comecei a sentir dores no 3º, 4º e 5º metatarsos (articulações dos dedos do pé). No começo, as dores eram pequenas, mas ao longo do tempo começou a se agravar, tornando-se quase insuportável.

A partir daí, comecei tratamentos com anti-inflamatórios prescritos por ortopedistas. Só de anti-inflamatórios, me tratei com mais de 3 tipos, em Ortopedistas, consultei com mais de 3. Meu caso começou a se agravar, as dores eram muito forte nas articulações dos dedos do pé esquerdo. Foi aí que numa consulta com o último ortopedista, ele me pediu uma ressonância magnética. Conclusão do exame: Sinais de artropatia inflamatória da 4ª articulação metatarsofalangeana, sinais de bursite, pequeno derrame articular na 5ª articulação, e por aí vai. Meu desespero aumentou. E mais tratamento com anti-inflamatórios e nada de passar a inflamação. Até que certo dia, começou um inchaço no meu tornozelo. Inchaço, queimação e muita dor. Foi aí que uma amiga Podóloga disse-me que meu problema tinha que ser tratado com um Reumatologista.

Então marquei uma consulta no Reumatologista, ele pediu aqueles exames específicos e diagnosticou que sou portadora da doença Artrite Reumatoide – Soro Negativo. Começarei o tratamento com remédios e no momento estou em casa de atestado médico do trabalho. A minha artrite já atacou meu pé esquerdo todo, não consigo mexer o pé, caminho com dificuldade. Os meus tornozelos estão com inchaço e avermelhados também. E por último o quadril também do lado esquerdo, foi afetado.

Sinto muitas dores, não é fácil aceitar que estou com essa doença. Soube disso essa semana e ainda estou ”digerindo” esse fato na minha vida. Meu emocional ainda está muito abalado, apesar que já esteve pior. Ontem foi um dia em que gastei quase um rolo de papel chorando. Fiquei mais esperançosa em ter encontrado este Blog onde pessoas com o mesmo problema que eu podem trocar experiências.

Enfim, essa é a minha história, recém diagnosticada com Artrite Reumatoide – Soro Negativo. Ainda encontrando forças para aceitar essa realidade na minha vida. A boa notícia é que confio em Deus e Ele tem me dado forças e sabedoria para administrar essa situação. Meu marido tem me ajudado muito, ele tem sido fundamental na minha vida. No meu casamento lembro-me de um momento especial, onde os noivos trocam aquelas lindas palavras: “Na saúde e na doença”. Hoje sou testemunha ocular de que esse juramento funciona na prática também! Pelo menos tenho vivenciado isso. Meu marido é nota mil!

Enfim, quero dizer que me sinto melhor em compartilhar meu drama com vocês. Sim, meu drama, pois como já disse, sou recém diagnosticada da doença e espero aprender muito aqui no Blog, afinal dor compartilhada é dor diminuída.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

1 Comentário

  1. boa tarde, comecei com uma dor no cotovelo e ombro que depois passou pras mãos ,punhos,calcanhares ,joelhos,quadril,estou com dificuldades pra andar pois doi muito meus tornozelos estão inchados,quando sento pra me levantar doi muito meus joelhos rangem como uma porta velha e tbem estão muito inchados. alguem pode me ajudar não consigo mas dormir a noite,trabalhar então esta praticamente impossivel.

Olá, deixe um comentário!