Existe um dia sem dor na Artrite Reumatoide?

Quando recebemos o diagnóstico da Artrite Reumatoide, a dor chega junto e passa a ser freqüente, a dor da artrite é insidiosa, marcante, incapacitante, quando dói os dedos, parece que o braço todo está a doer e os movimentos já não são os mesmos. Tudo que a pessoa com artrite quer é se ver livre dessa dor.

Muitas vezes, se questiona e questiona o mundo, se um dia aquela dor não passará, mas, muitas vezes, tendemos a estar revoltados com a dor que não passa. Mas temos que ter conhecimento que a dor da artrite reumatoide é sim maior quando a doença está em atividade.

Se a dor é nova, se dói mais forte, se a dor não passa, é necessário consultar o médico reumatologista e convidá-lo a rever o tratamento medicamentoso básico de controle da doença e até mesmo investigar se a dor é apenas da artrite reumatoide ou de alguma condição secundária.

A dor não é indicador de controle da doença, mas pode ser sim, um indicador de descontrole da doença ou de uma conseqüência da doença.

A dor vai deixando de existir quando a doença estiver controlada e devidamente monitorada, através dos medicamentos, o fim da dor chega com a remissão da doença, é preciso acreditar e confiar que uma hora a remissão chegará a sua vida, converse sempre com seu médico sobre o seu nível e tipo de dor, não podemos aceitar a dor como companheira.

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

2 Comentários

  1. Tenho 31 anos e estou tentando engravidar!! Meu sonho e ser mãe e tenho artrite reumatoide a uns 8 anos, tive que parar com o medicamento para que a criança não tenha problema de saúde como má formação, estou sentindo muita dor. faz seis messes que estou sem medicamento, e agora estou tentando engravidar mas estou muito preocupada com as dores e inchaços nos pés, as vezes trava minhas pernas tendo muito dificuldade no dia a dia !!! perco noites de sono e estou muito triste com isso, não pela dor mas sim pelo meu sonho de ter um filho e estou com medo que não vou conseguir!!! e isso é muito importante pra mim! Alguém já passou por isso?

    • Jaciara
      Existem medicamentos, como a Prednisona e Cloroquina que podem ser utilizados enquanto está sendo planejada a gravidez, converse com o seu médico, esses 2 medicamentos podem ser utilizados sem causarem riscos para o bebê.

Olá, deixe um comentário!