Etanercepete 50 mg

Onde estão as 199.732 unidades de Etanercepete 50 mg que o Ministério da Saúde comprou em Janeiro/2011?
Em Janeiro de 2011 o Ministério da Saúde comprou 341.304 unidades do medicamento Etanercepte 25 mg e 199.732 de Etanercepete 50 mg.
Porém,enquanto pacientes e usuários de medicamentos biológicos sabemos que acontece uma grande falha na distribuição do medicamento Etanercepete 50 mg. A farmácia de alto custo, quando questionada, tem sempre uma respostas clássicas que tiram da Assistência Farmacêutica essa responsabilidade e sempre e com muita freqüência, ouvimos “o laboratório não entregou”, “a medicação não chegou”, a Secretaria Estadual de Saúde vai comprar, enfim..
Temos aqui no blog alguns casos de pessoas que tem precrição médica de Etanercepete 50 mg e recebem na farmácia de alto custo, Etanercepete de 25 mg, ou seja, em vez de receberem uma caixa com 4 doses de 50 mg, tem pacientes recebendo apenas 1 caixa de 25 mg com 4 doses, ou seja, 01 caixa de 25 mg é suficiente para 2 semanas de medicação, ficando os outros 15 dias sem medicação, ou indo e vindo da farmácia “esperando o laboratório entregar”, porque é isso que dizem pra gente quando chegamos e não tem a dose de 50 mg.
A Gabriela, 33 anos, tem AIJ há 17 anos, ela morava em Santa Catarina até Setembro de 2010,onde recebia o Etanercepete 50 mg sem falhas e faltas, porém, ela está morando em São Paulo a exatamente 1 ano, e desde então, vive um verdadeiro drama do “Enbrel”, pois, utiliza esse importante medicamento biológico há aproximadamente 3 anos, e quando recebia a dose correta (50 mg), a sua AIJ estava sob controle, porém, aqui em SP, vive um drama na Farmácia de Alto Custo de Franco da Rocha a prescrição médica é;
Etanercepete 50 mg – 01 injeção por semana
Ela tem recebido da Farmácia de Alto Custo de Franco da Rocha 
§       Etanercepete 25 mg – 01 caixa com 4 doses de 25mg 
            Agora me pergunto, onde foram parar os Etanercepete de 50 mg?

Ouçam a conversa da Gabriela por telefone
           A Defensoria Publica de São Paulo, mais uma vez esta nos ajudando, este caso foi encaminhado para a Dra Renata Flores Tibyriça (Defensora Publica do Estado – coordenadora da Unidade da Fazenda Publica).

A dor + degeneração + deformidades da AR não sabem esperar, não podem esperar e
até que o socorro venha, a deformidade chega e fica. Dói saber de coisas como essas.
 

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

5 Comentários

  1. Agora me pergunto, onde foram parar os Etanercepete de 50 mg?
    Oi Priscila essa é uma boa pergunta!!!
    Onde essa medicação foi parar ?
    Parabénss pelo ato de comunicar isso a Defensoria Publica de São Paulo, infelismente é assim que podemos ter os nossos direitos a Saúde garantida, se sempre que um descaso desse acontecer todos se unir e colocar a boca no trombone , esses descasos tende a acabar, temos que sempre fazer valer o nosso direito, pois se tratando da nossa saúde não podemos brincar.
    Espero que a Gabriela e os outros pacientes que necessitem dessa médicação, ou outras que necessitarem e forem negadas a recebelas tbm denunciem esse descaso ao Ministério da Saúde Disque Saúde – Tel. 0800 61 1997 ou mandem E-MAIL COMO REGISTRAR MANIFESTAÇÕES EM OUVIDORIAS DO SUS PELA INTERNET
    http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1624
    Façam VALER os seus DIREITOS

  2. Realmente, é fogo o descaso, eu estou sem Enbrel 50mg, a 1 mês,simplesmente porque não veio. Isso é um tratamento contínuo e não um tratamento que vem quando pode.Isso aqui em SP,interior. Já no resto do Brasil,não sei como anda a distribuição.
    Abraços
    Wagner Paiva- wvp2001@hotmail.com

  3. Sandra Stel

    Obrigada pela contribuição, comunicamos o Ministério da Saúde e tbe a Secretaria de Saúde.

    Bjs

  4. Wagner

    Vamos levar seu caso a defensoria também, qual a cidade que vc mora?

    Ligue no Programa Bem Vindo do Etanecepte,

    0800 226 72 72 comunique isso ao Bem Vindo e vamos atrás da falta da medicação ai na sua cidade..

    Te mandei um e-mail.. verifique por favor.

    Bjãoo

  5. Pri , eu também fiquei sem o Etarnecepte 50mg.
    Durante 03 semanas!
    Sou da região do ABC de São Paulo, pego a medicação no Mario Covas (Santo André/SP).
    Olha só a situação que eu passei, fui várias e várias vezes até o Mario Covas, o que não é fácil prá mim, pois sinto muitas dores e cansaço por conta da AR e nada do medicamento.
    Ai na sexta-feira 23/09/2011, voltei novamente ao Mario Covas, em busca do medicamento, meu marido teve que faltar no serviço prá me levar, pois eu já estava me arrastando de tanta dor (tanto que no final do dia tive que tomar Tilatyl + Decadron e depois Tramal), perguntei para o atendente se chegou o medicamento e ele me respondeu que não e não tinha previsão.
    Perguntei se tinha uma forma dele me avisar quando chegasse, pois eu estava sofrendo muito com as dores e sabe o que ele me respondeu? Sua situação é igual aos dos demais pacientes e não tem o que ser feito…
    Sai de lá choorando muito, pois fiquei sem rumo e parei prá tomar um cafézinho numa barraquinha lá na frente, como de costume meu e do meu marido, o que foi a minha solução.
    Ao me ver chorando, uma Senhora que pega medicação no Mario Covas prá outro tratamento, me perguntou o que estava acontecendo e me falou que dentro do Mario Covas tem uma moça que se chama Fabiana, que ela é muito humana e ajuda as pessoas, passa email quando a medicação chega, que é um anjo.
    Voltei prá dentro do Mario Covas, falei com a Fabiana e só ai fui ficar sabendo da existência do Etarnecepte 25mg, ela me sugeriu retornar na minha médica, pegar uma nova guia e as receitas e trocar pro de 25mg.
    Não dava mais tempo de resolver na sexta-feira, tive que passar mais alguns dias com dores e repouso…
    Na segunda-feira fui na minha médica peguei as receitas e fui até o Mario Covas, chegando lá a doce Fabiana, não estava.
    Meu marido, foi até uma atendente e explicou a minha situação e a resposta dela foi : Prá troca de medicamentos, precisa aguarda 30 dias, acredita?
    Meu marido insistiu, me mostrou sentada, sem conseguir andar, ai a atendente resolveu falar com o farmaceutico que Graças á Deus me liberou a medicação.
    Ainda estou muito mal, sinto um grande cansaço, mas tomando o Embrel vou melhorando dia a dia.
    Agora eu digo, precisei passar por todo esse sofrimento e uma pessoa fora do hospital me dizer o que fazer????
    E se meu marido não tivesse insistido, eu estaria como?

    Beijos

Olá, deixe um comentário!