Estudo sugere que a artrite reumatoide pode elevar o risco de DPOC

Pesquisa publicada no Arthritis Care & Research Journal constata que pessoas com artrite reumatoide podem ter 47% mais chances de contrair Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC).

Para chegar a esta conclusão, os cientistas estudaram dados de saúde de 24.625 pacientes diagnosticados com artrite reumatoide entre 1996 e 2006, juntamente com informações sobre 25.396 indivíduos saudáveis.

Cerca de 1% da população mundial tem artrite reumatoide. A doença autoimune é mais comum entre as mulheres e nos países mais desenvolvidos. Os sintomas são inflamações nas juntas, sobretudo nos joelhos, mãos e punho, mas também pode afetar o coração, os pulmões, os olhos e os tecidos do organismo – músculo, tendões, tecido conjuntivo e fibroso.

A inflamação também está presente na Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – que compreende enfisema pulmonar, bronquite crônica e alguns tipos de asma. A doença leva à tosse carregada, dificuldade para respirar, aperto e chiado no peito.

Devido à relação entre artrite reumatoide e DPOC recém-descoberta, é necessário ficar ainda mais atento aos primeiros sintomas de fôlego curto ou tosse, e evitar ao máximo a exposição à fumaça de cigarro, poluição e produtos químicos. O diagnóstico e tratamento precoces da DPOC ajudam muito a reduzir os danos causados aos pulmões.

Fontes: Medical News Today e European Lung Foundation.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!