Espondiloartropatias soronegativas

O que são as Espondiloartropatias Soronegativas?

As Espondiloartropatias Soronegativas correspondem a um grupo de doenças que apresentam as seguintes manifestações clínicas em comum:

1 – artrite, com preferência ao acometimento das articulações sacroilíacas e da coluna vertebral;
2 – pesquisa negativa para o fator reumatóide (FR: exame de sangue);
3 – inflamação nos tendões e ligamentos que se ligam ao osso (entesites);
4 – marcador genético semelhante (HLA-B27);

Quais doenças fazem parte das Espondiloartropatias Soronegativas?

Fazem parte deste grupo de doenças, as seguintes: Espondilite Anquilosante, Espondiloartropatias Indiferenciadas (indivíduos que não desenvolvem a doença completamente), Artrite Reativa (associada a doenças infecciosas), Artrite Psoriásica (associada à Psoríase), Artrites enteropáticas (associadas à doença de Crohn, Retocolite Ulcerativa, doença de Whipple, entre outras)

O que é a Espondilite Anquilosante (EA)?

A Espondilite Anquilosante é um tipo de reumatismo que causa inflamação principalmente na coluna vertebral e nas articulações sacroilíacas (articulações que ficam na região das nádegas).

Quem pode ter a Espondilite Anquilosante (EA)?

A “EA” manifesta-se mais freqüentemente no sexo masculino, sendo 4 a 5 vezes mais freqüentes nos homens que nas mulheres. Normalmente, os pacientes desenvolvem os primeiros sintomas no final da adolescência ou no início da idade adulta (17 aos 35 anos de idade). Filhos de pais com “EA” também tem maior chance de apresentar a doença no futuro.

Quais são as manifestações clínicas da Espondilite Anquilosante (EA)?

As manifestações da doença podem variar de somente um quadro de dores nas costas contínua e signifivativa (principalmente na região das nádegas, ou mais acima na região lombar), até uma doença mais grave e sistêmica, acometendo várias outras juntas, os olhos, coração, pulmões, medula espinhal e rins.

O surgimento das dores na coluna ocorre de modo lento e insidioso durante algumas semanas. No início, a “EA” costuma causar dor nas nádegas, possivelmente se espalhando pela parte de trás das coxas e pela parte inferior da coluna. Frequentemente observa-se que a dor melhora com exercícios e piora com repouso, sendo pior principalmente pela manhã. Alguns pacientes se sentem globalmente doentes, sentem-se cansados, perdem o apetite e também perdem peso. Geralmente essa dor está associada a uma sensação de enrijecimento na coluna (rigidez), com consequente dificuldade na mobilização. Eventualmente, o paciente também pode apresentar dor na planta dos pés, principalmente ao se levantar da cama pela manhã. Posteriormente, a inflamação das articulações entre as costelas e a coluna vertebral pode causar dor no peito, que piora com a respiração profunda.

Como é o tratamento das Espondiloartropatias Soronegativas?

O tratamento dessas condições têm avançado bastante recentemente. Inicialmente é realizado com anti-inflamatórios. Algumas vezes, medicamentos biológicos especiais podem ser necessários. Esses medicamentos poderão ser apropriadamente prescritos pelo seu médico. Além das medicações, o tratamento fisioterápico é fundamental para a prevenção de deformidades.

Fonte: Sociedade Brasileira de Reumatologia

Leia também a Cartilha de Espondilite Anquilosante da Sociedade Brasileira de Reumatologia

Anúncios

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de Artrite Reumatoide aos 26 anos, enquanto atuava como enfermeira, estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros. De repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

15 Comentários

    • Katia, a interpretação do exame de HLA-B27 deve ser realizada pelo médico que prescreveu, mas, pelo que parece esse resultado significa exame de HLA B27 negativo, porém, somente o médico pode fazer a interpretação correta do resultado, leve para o médico.
      Ficamos na torcida para que seu filho não tenha Espondilite Anquilosante.
      Boa Sorte!!

    • Ana, não indicamos tratamentos ou dietas, esses são procedimentos que devem ser realizados por profissionais, procure um Nutricionista e peça essa orientação, ele é o melhor profissional para te orientar. Converse com o médico reumatologista. Boa Sorte e melhoras para o seu marido.

  1. ola por favor fui diagnostica como EA mas a medica não pediu o hlab27 e nem uma cintilografia ossea fiz uma ressonancia que deu esclerose ossea e sacroilite e o pcr tava 23 e vhs tava 77 e soro negativa para fan sera que é realmente EA;Obrigada pois a dor é as vezes insurpotavel

    • Adriana, os exames servem como referência, porém, em muitas doenças reumáticas o médico pode dar o diagnóstico clínico, ou seja, ele faz exame fisico, ouve as queixas do paciente e consegue chegar a uma conclusão.

      Já, esta recebendo tratamento ?

      Compartilhe a sua dor conosco, ela se tornará mais leve de ser compreendidade.

      Bjs

  2. Ola, existe uma pesquisa de medico ingles que descobriu que os sintomas das espondiloartrites praticamente desaparecem em grande parte dos pacientes que fazem a “dieta sem amido”. Minha irma tem a doenca e esta fazendo a dieta ha dois meses, a dor acabou totalmente, parece milagre! quem quiser mais informacoes pode me mandar e-mail, a dieta e rigorosa, mas minha irma diz que compensa demais. Abracos, gisele

  3. Olá Priscila,estou em dúvida em uma coisa e gostaria que vc me orientasse:a pouco tempo descobri que tenho espondiloartropatia soronegativa,fiz muitos exames,mas o HLA-B27 deu não reagente,e lendo sobre o assunto no seu site vi que a espondiloartropatia pode ser de várias causas como a anquilosante e outras.Para eu saber qual o tipo,terei que fazer novos exames? neste mês eu irei fazer a cintilografia óssea,será que a partir daí saberei qual o tipo de espondiloartropatia? Tá meio confuso p mim,porque estou gastando muito e não sei por onde começar pedir ajuda.Por favor me oriente.Moro no Espirito Santo

  4. Olá meu médico mudou meu diagnóstico de AR para Espondiloartrite agora vou fazer exame de raio x na coluna. Se Deus quiser vai dar tudo certo pq meu exame de sangue HLA B27 deu positivo. Vc sabe a diferença entre AR e Espondiloartrite?
    Continuo tomando os mesmos remédios para artrite reumatoide. Bjs e que Deus continue abençoando sua vida!!! Luciana.
    OBS: Para Priscila Torres.

Se você gostou dessa publicação, nos incentive a continuar, deixe seu comentário!