Diagnóstico da Artrite Reumatoide

A Artrite Reumatoide se classifica em:

  • Artrite Reumatoide Soropositiva
  • Artrite Reumatoide Soronegativa
A Artrite  Reumatoide soropositiva é quando o fator reumatóide e Anti-CCP são positivos.
A Artrite  Reumatóide soronegativa é quando as provas reumáticas são negativas, Fator  Reumatóide e/ou  Anti-CCP.
Para estabelecer o diagnóstico da AR  é necessário 3 coisas básicas na reumatologia:
  • Exame Físico
  • Exames Laboratoriais
  • Exames de Imagem (Raio X, Ultrassom, Ressonância Magnética)

Exame Físico

É quando o médico realiza o exame  detalhado de articulações por articulações, acredito ser impossível exercer a  medicina em reumatologia sem a presença de rigoroso exame físico, tem coisas na  AR que não são passíveis de serem vistas, más podem serem sentidas, como a  formação de panus (um tecido articular específico na AR). O médico  reumatologista soma o que ele encontra no exame físico ao que o paciente refere  (conta). Muitas vezes é possível estabelecer diagnóstico através da soma dessas  2 coisas, exame físico e relatos do paciente.

Exames Laboratoriais

Quando começamos a investigar a  AR, é solicitado por nossos médicos uma lista gigante e assustadora de exames,  digo isso, pois com muita freqüência eu recebo e-mails de pessoas assustadas  com a lista gigante de exames que o médico pediu.  O diagnóstico da AR muitas vezes  é um diagnóstico de exclusão, o médico precisa pedir vários exames, pois outras  doenças podem apresentar dor articular e edema. Para segurança no diagnóstico o  médico solicita vários exames de sangue ao mesmo tempo, nas próximas consultas  não será solicitado tantos exames.
Porém, nem sempre o melhor médico  é aquele que pede um montão de exames, porque infelizmente tem pessoas que  acreditam que para ser bom o médico tem que pedir muitos exames e dar uma  receita médica bem grande, não esquecendo claro, de um atestado médico.
Exames laboratoriais em  reumatologia, são solicitados com critérios e o que serve para o médico avaliar  a necessidade de pedir exames de sangue ou não, é o exame físico e a queixa do  paciente.
Geralmente os exames os exames laboratoriais  se dividem:
  • Exames laboratoriais para diagnóstico inicial
  • Exames laboratoriais para acompanhamento
Exames  Laboratoriais para Diagnóstico Inicial
  • Hemograma completo na AR podemos apresentar alterações células sanguíneas
  • VHS e PCR (Proteína C reativa) – Provas de Atividade Inflamatória, se elevam na presença de  inflamação, porém são inespecíficas para diagnóstico pois não diz onde está a  inflamação, na AR é comum ter VHS e PCR elevado.
  • DHL, CPK, TGO, TGP, Aldalose
  • Enzimas musculares
  • Fator Reumatóide ou Waller Rose – Elevado na presença de AR, porém pessoas que nunca tiveram AR  podem apresentar o FR elevado, portanto sem sintomas clínicos o FR elevado é  inespecífico.
  • Anti-CCP – Importante e o mais moderno marcador da artrite reumatóide, porém
    é possível existir AR com anti-ccp negativo.
  • Anticorpos Antifilagrina e profilagrina

Marcadores complementares para o diagnóstico de AR

  • HLA – B27 – Marcador para Espondiloartropatia
  • ASLO – Marcador da Febre Reumática
  • Alfa-1-glicoproteína ácida –  Prova de atividade inflamatória
  • FAN – Fator Anti-Núcleo – Geralmente está presente nas doenças reumáticas, serve como  marcador para o Lúpus Eritematoso Sistêmico, é definido por padrões, sendo  determinado por títulos, porém, é inespecífico, pessoas que não tem doenças  auto-imune podem apresentar FAN positivos, portanto o resultado desse exames  sem sintomas não configura diagnóstico. Um exemplo de resultado de FAN é Padrão Pontilhado Fino, título 1/160.
  • Análise Líquido Sinovial – È realizado quando o médico colhi o líquido sinovial da
    articulação e manda para o laboratório analisar.
  • Urina I – Infecção de urina, pode elevar níveis de PCR e VHS, e também é possível desenvolver Artrite Reativa por infecção de Urina.

 Marcadores de Doenças Infecto-contagiosas

Durante a investigação da AR, podem ser solicitados exames para  verificar a presença de doenças infecto-contagiosas como, HIV, Hepatite, Citomegalovírus, Sífilis e demais doenças.
Não se assustem com a quantidade  de exames e ao pegar os resultados não fiquem consultando o Dr. Google, pois o  Dr. Google não é seu médico e não conhece os seus sintomas e achado clínicos.
Nem sempre exames positivos e alterados querem dizer que estamos mais ou menos
doentes.

Exames laboratoriais comuns de acompanhamento

  • Hemograma
  • VHS
  • PCR
  • TGO e TGP, Fosfatase Alcalina, são os mais usados como Prova de função hepática, para acompanhar se a medicação tem causado danos para o fígado.
  • Uréia, Creatinina – usados para avaliar a função renal, também como cuidado dos efeitos tóxicos de algumas medicações.
  • Urina I
  • Fator Reumatóide à cada 6 meses

Exames de  Imagens

  • Radiografias de mãos e punhos
  • Ultrassonografia
  • Ressonância Magnética de mãos e punhos

Importante: guarde seus RX e  ressonâncias, eles são importantes para o médico reumatologista verificar o  avanço radiológico da artrite reumatóide.

Os planos de saúde estão pagando  o Anti-CCP e também a ressonância magnética para Diagnóstico Diferencial da AR.

Referências:

Diagnostico Precoce Artrite Reumatoide

Marcadores Inflamatórios na Artrite Reumatoide

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: