Corticóide

É um hormônio sintético, semelhante ao hormônio natural cortisol, produzido pela nossa glândula Supra-Renal, conhecido também como o hormônio do Stress.

Existem várias formulações sintéticas do cortisol, sendo as mais comuns usadas no tratamento de doenças reumáticas;

  • Prednisona
  • Deflazacort
  • Metilprednisona (usada na pulsoterapia – endovenoso)

É Antiinflamatório Hormonal, muito utilizado no tratamento de diversas doenças reumáticas e auto-imune. Tem poder antiinflamatório, analgésico e antialérgico.


Medicamentos Sintomáticos

  • Utilizados como antiinflamatório diminuindo a inflamação e como auxíliar no alívio da dor, utilizado também em momentos de crises, servindo para controlar a atividade da doença.
  • Porém, o seu uso contínuo deve ser criterioso, sendo adequado avaliar risco x benefícios.
  • Prednisona tem efeito supressor, mas sozinho não leva a estabilização da doença, em especial da Artrite Reumatoide.

Apresentação:

  • Prednisona: comprimidos de 5mg, 10mg, 15mg, 20 mg
  • Deflazacort: comprimidos 6mg, 7,5mg, 30mg

Administração, como usar:

  • Tomar preferencialmente pela manhã
  • Doses de 5 à 10 mg, são chamadas de doses fisiológicas, por serem compatíveis com a produção natural do organismo, nessa dose tem efeito apenas de antiinflamatório, somente doses superiores tem efeito imunossupressor.

Indicação:

  • Artrite Reumatoide
  • Artrite Idiopática Juvenil
  • Artrite Psoriásica
  • Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES)
  • Polimialgia Reumática (PMR)
  • E uma infinidade de doenças reumáticas e auto-imune
  • Pode ser utilizado durante a gestação, quando o médico avalia ser necessário.

Contra-Indicação: 
  • Não é Contra-Indicado na Gravidez
  • Infecções Sistêmica por Fungos
  • Imunodeficiência Adquirida (HIV)
  • Hipertensão – Diabetes -Hipertireoidismo (avaliar risco – beneficio).

Tempo para fazer efeito (controle da doença):
  • Efeito rápido, em poucos dias observa-se grande melhora.

Efeitos Colaterais mais comuns:
  • Distúrbios gastrintestinais
  • HAS – Hipertensão Arterial Sistêmica Transitória (qdo tirar o corticoide volta ao normal)
  • Diabetes Transitória (qdo tirar o corticoide volta ao normal)
  • Aumento do Apetite
  • Retenção hídrica (edema)
  • Ganho de Peso
  • Edema Face (cara de bolacha) Isso passa conforme a dose for baixando
  • Estrias
  • Alopecia (discreta queda do cabelo)
  • Fraqueza Muscular
  • Dor Muscular
  • Fadiga
  • Púrpura
  • Pele Fina
  • Acne
  • Menstruação Irregular
  • Alteração do Humor
  • Insônia
  • Agitação
  • Tristeza
  • Alteração de células sanguíneas
  • Na presença de febre, devemos comunicar o médico imediatamente.

Cuidados:
  • Realizar Dieta, evitando doces e frituras
  • Ingerir bastante água, sucos.
  • Evitar Refrigerante
  • Usar protetor solar
  • Nunca para o uso de corticoide sozinho, siga as orientações médicas, a interrupção repentina do corticoide, pode causar sérias complicações. (atinge a glândula Supra-Renal).
  • Não se renda a sensação de fome que temos quando estamos com alta dose de corticoide, comer quando temos essa sensação nem sempre é fome, é ansiedade causada pelo próprio corticoide, é nestes momentos que ganhamos muito peso, e depois isso leva a outras consequências que podemos evitar.

Fornecido pelo SUS “Sistema Único de Saúde”
As farmácias da rede básica de saúde, fornecem prednisona com receita simples. O Deflazacort não tem na rede publica.
As informações são apenas uma orientação geral, a pessoa indicada para orientar corretamente é o seu médico assistente (reumatologistas).
Texto adaptado de Arthritis Research UK  e Bulas. Med 

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

13 Comentários

  1. Tenho Artrite Reumatoide descoberta a 05 anos. Ha mais ou menos 03 anos tomo 10 mg dia de prednisona. O MEDICO pede pa eu tentar diminuir gradativamente o corticoide, mas quando tento diminuir para 5 mg começo a sentir muita fraquesa, suor excessivo, e nervoso. Sera que existe algum tratamento para diminuir esses sintomas. Tenho 65 anos de idade e sou diabetica.

    • Raimunda, isso pode ser efeito da retirada da cortisona + logo esses efeitos diminuem e somem + converse com seu médico sobre isso, ele é a melhor pessoa para te responder esta pergunta.
      Abraços!

  2. Tenho artrite reumatóide há 20 anos sinto dores nos ombro, nuca, mãos, joelhos, pés e coluna já tomei varias doses de corticóide mas não senti nenhum efeito benefico, tomei aines (diclofenaco, dipirona,ibuprofeno)mas tambem não teve efeito. Meus exames de sangue não relatam nada de anormal, raio x e ressonancia também aparecem quase que normais. Tenho 36 anos não sou diabético nem tenho pressão alta.

  3. Tenho Artrite Reumatóide a 6 anos, tomo Prednisona de 5 mg (meio cumprimido por dia) todos os dias a médica diminuiu esse remédio porque eu estava ficando com muitas manchas vermelhas na pele, tomo Acido Folico 2 uma vez por semana e o Maotrexato 2,5 6 por semana, e nimesulida pra dor, mas sinceramente tenho medo dos efeitos colateriais desses medicamentos e tenho 59 anos de idade

  4. Estou sem medicamentos tomo cloroquina 15ml. Prednisona ibuprofeno parecetamol biológico enbrel esyou morrendo de dor não consigo nem andar direito fui mandada embora do meu emprego estou sem convênio fui no posto de saúde o médico q me atendeu disse q não tem reumatologista como vou fazer

    • Se na sua cidade não tem reumatologista a secretária de saúde é obrigada a te encaminhar para o reumato da cidade mais proxima, e ainda tem que custear o seu transporte, alimentação e hospedagem se necessário, leia sobre TFD ( tratamento fora do domicilio) no Blog.

  5. bom dia .
    Tenho 38 anos nao sou hipertenso.e nem diabiticos.ja fui ao medico e nenhum deles diagnostico se tenho algum.tipo de reumatismo.de umas duas semanas pra ca sinto umas dores musculares na altura dos ombros e d o lado do quadril e nadegas .quero saber se isso pode ser algum tipo de dor reumatica e quais medicamentos devo tomar..
    ozeias botelho

  6. Estou tomando predinisona mais o local inflado não parava de doer e o único remédio pra do r e ibuprofeno tomei faz algum mal

  7. Fui hospitalizada em 15/11/2016 devido a eritema multiforme e fiz uso de prednisona de 60 mg por 2 semanas e fiz o desmame até o final de dezembro da medicação, no final de janeiro tive uma discreta queda de cabelo que acentuo em fevereiro e março, nunca tinha tido queda de cabelo anteriormente e fiquei muito assustada. Por gentileza gostaria de saber se pode ser devido ao uso da medicação.

Olá, deixe um comentário!