Corpo mole, eu? Falta de apoio dos amigos e familiares

Oi Oi cadê o time de beldades daqui? Hoje quero falar um papo sério com vocês! Fiquei sabendo que tem muitas beldades sofrendo por aqui que além das dores, fadigas e medicações, vocês tem que aguentar os familiares e amigos dizendo que vocês fazem corpo mole! Isso procede beldades?

Bem, vocês sabem que além de Senhorita Artrita R. J eu sou uma beldade Psicoterapeuta e por isso hoje quero falar diretamente com os sentimentos de vocês.

Vocês devem saber que o diamante e demais pedras preciosas passam por um processo de lapidação para então ficarem ainda mais lindas e brilhantes! Pois bem, com a gente o processo é bem parecido, temos dores que estão nos lapidando para então ficarmos ainda mais deslumbrantes psiquicamente falando. Digo isso porque você só tem dois caminhos, o primeiro seria ficar deprimida e se entregar e o segundo seria lutar como um guerreiro que está na guerra, acreditando que voltará dela ainda mais forte, experiente e vitorioso!

Nós que somos doloridos e doloridas sabemos bem o valor da vida, não é mesmo? Nós sabemos como é ficar acamado, internado, operado e etc. Automaticamente temos mais experiências que as pessoas saudáveis.  Posso apostar com vocês minhas beldades que quando alguém precisa de ajuda, vocês são os primeiros a ter empatia de sobra e boa vontade, tenho certeza que vocês muitas vezes guardaram a suas dores no bolso e foram cuidar dos seus filhos, esposa (o), amigos e todo o resto do planeta terra!

Vocês muito provavelmente já devem ter ouvido aquele ditado: “ a gente só dá aquilo que temos!”  Pois é exatamente isso! Como esperar que compreendam sua dor se o máximo que já sentiram foi uma dor de barriga quiçá uma dor de cabeça?

O importante é a sua verdade, você conhece suas dores e limitações, então não espere que as outras pessoas tenham o mesmo entendimento que você a respeito. É necessário que você nomeie o seu sentimento, quando as pessoas não te compreendem, os sentimentos que provem dessas situações, é o que chamamos de: frustrações! A gente se frustra por esperar do outro aquilo que gostaríamos que acontecesse.

Vou te ajudar com algumas técnicas, bora lá anotar a tarefinha:

1-Preste atenção nos pensamentos após uma situação de frustração (geralmente dão início aos sentimentos de stress, raiva, ansiedade causando uma piora no quadro sintomático da doença);

2- Questione o pensamento e confronte com a sua verdade e autoconfiança.

Exemplo:

A – Fulano acha que estou fazendo corpo mole. Todos acham que estou fazendo corpo mole.

B – Fulano não compreende a minha doença por ele ser uma pessoa saudável, ele também não é obrigado a entender já que não possui recursos psíquicos e nem experiência nesse assunto. Por isso eu o compreendo e isso não me faz mal.

 Tarefa 2- Acupressão do-in IG4  (acupuntura com pressão)

Este ponto localiza-se entre o polegar e o indicador, certifique de que é dolorido, faça pressão e massageie fazendo círculo com pressão por 3 min. Realize o procedimento todas as vezes que vivenciar situações estressantes, este ponto também auxilia no alívio de dores agudas, além de aliviar também a ansiedade. (ponto de liberação de endorfina nos neurotransmissores).

Então é isso beldades, espero que tudo isso faça sentido para o coração de vocês! Ah e as beldades mulheres tem um plus a mais, em dias piores: usem batom vermelho!

Abraço apertado!

Luz e Paz!

 

Psicanalista, escritora e pedagoga
Colunista
Psicanalista (Instituto Paulista de Psicanálise), Pós-graduada em clínica Psicanalítica (Faculdade Einstein), Psicopedagoga clínica (FAAT), Acupunturista- MTC, Terapeuta Floral de Bach (Instituto Avalon, Ahau, Bioacupuntura, Okido Terapias, holus), Escritora, Pedagoga (FAAT) e Atriz (USF e escola de atores Wolf Maya-globo).
×
Psicanalista, escritora e pedagoga
Psicanalista (Instituto Paulista de Psicanálise), Pós-graduada em clínica Psicanalítica (Faculdade Einstein), Psicopedagoga clínica (FAAT), Acupunturista- MTC, Terapeuta Floral de Bach (Instituto Avalon, Ahau, Bioacupuntura, Okido Terapias, holus), Escritora, Pedagoga (FAAT) e Atriz (USF e escola de atores Wolf Maya-globo).
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!