Cheguei a pensar que iria morrer a qualquer momento

Sempre fui uma pessoa preocupada com minha saúde e fazia exames periódicos, até mesmo por causa da profissão, era acompanhada por um cardiologista que de 6 em 6 meses fazia exames e tudo ia muito bem, o médico sempre me elogiava dizendo que tinha uma saúde nota 10, fazia exercícios regulares e cuidava de minha alimentação, mas tinha um grande vilão, o estresse me aborrecia com frequência em casa e no trabalho, e em um dos aborrecimentos tive uma paralisia facial, no qual o meu médico cardiologista não concordou com o diagnostico do neuro pois como ele mesmo me falava, saúde nota 10.

Daí começou uma bateria de exames quando finalmente o resultado de um exame chamado Doppler de Carótidas visualizou a carótida esquerda obstruída e assim mais exames foram feitos com angio, tomografia que também visualizou a obstrução da carótida e também da subclávia esquerda. Foi aí quando retornei ao cardiologista ele me indicou um angiologista cirurgião que confirmou a arterite, e eu fiquei sem chão meu mundo perdeu totalmente a graça, pois eu que antes daquele momento era uma pessoa muito extrovertida, entrou uma tristeza tão grande no meu coração que eu só vivia chorando e pensando que iria morrer a qualquer momento, esqueci até de ter fé pois sou cristã.

Mas esse é o ponto onde eu quero chegar, eu não estou só. Fui orientada pelo médico angiologista a me consultar com uma reumatologista onde começou meu tratamento com o prednisona, metotrexato, cálcio e ácido fólico. No início do tratamento foi complicado pois os remédios me causaram muitos desconfortos, parei varias vezes não aguentava as reações e minha médica quase me internou para continuar com tratamento venoso. Foi uma loucura, eu precisava de um tratamento não só para arterite que não desse tantos problema, mas também para minha alma que estava muito aflita. Tenho 02 duas filhas adolescentes e só pensava nelas sem mim e muito me angustiava, foi quando recebi apoio espiritual, Deus viu meu sofrimento e me ajudou enviando pessoas para falar sobre sua palavra “Bíblia”, e orar por mim, eu me apeguei nisso voltei a fazer o tratamento com as medicações sem parar, voltei a sorrir e viver com esperança e fé que um dia vou sair ilesa dessa situação para honra e glória de Deus.

Me chamo Daniela Gláucia dos Santos, tenho 39 anos, convivo com Arterite de Takayasu há 2 anos, sou militar, moro em Salvador – BA.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Social Media

Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×

Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!