Atraso, falta na entrega de medicamentos essenciais e expecionais

Como acontecem todos os anos, os meses de dezembro, janeiro e fevereiro são considerados para nós pessoas com doenças crônicas “as férias da distribuição das medicações de alto custo e também da assistência farmacêutica básica” (há 4 anos que sou paciente e confesso que nesses meses a falta de medicação é gigante em todo o país)  este mês através de ajuda mútua foi possível conseguir doação para 05 pessoas que estavam sem medicação.
Então gostaria de saber se alguém que faz uso de medicamentos biológicos está com atraso ou falha na entrega da medicação, em especial, humira (adalimumabe) e enbrel (etanacerpt), entre outros. A falta, atraso da entrega da medicação esta acontecendo em todo o país, em São Paulo tem sido mais frequente na região metropolitana e interior, sendo a capital de São Paulo sem queixas até o momento. Nossa doença é degenerativa e progride rapidamente se ficamos sem medicação adequada, por isso vamos se unir para “dizer as autoridades públicas responsáveis” que estamos sofrendo instalação das sequelas da doença, por falta e atraso na entrega da medicação.
Deixo um apelo também a todos nós “pessoas com doenças reumáticas” que tem em casa medicação sobrando, sabe quando ficamos gripados e não podemos tomar por uma ou 2 semanas, coisas deste tipo faz com que tenhamos sempre doses além do necessário, em nossa geladeira que poderiam estar sendo de grande utilidade para outras pessoas. Por isso, vamos nos auto-ajudar formando uma rede de troca de medicação e com isso vamos fazendo a nossa parte enquanto esperamos atitudes coerentes de nossos governantes, afinal, eles não tem reumatismo né, somente nós sabemos o que é chegar o dia da medicação e não ter para usar.
Unidos seremos sempre + fortes.

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

5 Comentários

  1. Serei eternamente grata à todas essas pessoas que fizeram uma "corrente do bem" e me deram o melhor presente da minha vida…
    Priscila, Fátima, o Titio da Priscila (bela boa vontade), aos meus pais, aos meus irmão, à todas as pessoas quem sem me conhecer fizeram a coisa mais linda que já fizeram por mim… A caridade…
    Certa vez li uma frase que dizia o seguinte: "Somos anjos de uma asa só, que somente juntos podemos voar"…
    Obrigada à todos os meus pares de asas que me ajudaram à voar para a vida, para a minha recuperação e para a alegria da minha família…
    Ontem vi nos olhos da minha mãe lágrimas, mas desta vez não eram de tristeza ou de agonia, essas lágrimas eram de felicidade e de plena alegria. E quem proporcionou isso à minha mãe, à mim e à todas as pessoas quem me amam e que torcem por mim foram vocês.
    Obrigada à todos vocês "anjos de uma asa só" e que juntos fomos capazes de voar.

    Juliana Pereira

  2. Quem sofre de Artrite Reumatóide sabe de todas as batalhas que travamos todos o dias. Conhecem a dor, as limitações, as lutas por nossos direitos, as dificuldades de controlar a doença, as dificuldades de conseguir os medicamentos que precisamos.

    Durante alguns meses venho sofrendo muito, porque a Artrite que se alojou em meu corpo se demonstrava furiosa como uma avalanche que tentava levar tudo em minha vida.

    A minha capacidade de se locomover já era mínima até que um dia se foi, meus braços já não tinham mais o mesmo movimento até q em um instante o movimento de um deles já se foi, minhas mãos já estavam com todas as dificuldades que conhecemos bem…

    Enfim, já estava desistindo de minha vida, quando um anjo me estendeu suas mãos.

    Nunca na minha vida alguém fez isso por mim.

    Priscila, você me ajudou sem me conhecer, conhecendo bem minhas dores se mobilizou e encontrou um outro anjo chamado Fátima que demonstrou o coração mais generoso que já conheci…

    Neste meu Natal, Papai Noel não veio me presentear, mas DEUS me enviou uma legião de Anjos que me deram o melhor presente de minha vida.

    Me deram minha vida de volta….

    Obrigada Priscilla, Fátima, o tio da Pri, meus pais e meus irmão e todos que participaram para que meu Natal fosse inesquecível

  3. É, Priscila…Como é o primeiro ano que o meu pai está fazendo uso do Humira, fornecido pelo governo, fiquei assustada agora com a possibilidade dele ficar esses meses sem tomar o remédio que vem fazendo verdadeiros milagres na saúde dele. Ainda mais assustada por ser um medicamento tão caro, que não dá pra chegar na farmácia e comprar…Já havia notado que várias barreiras aparecem no caminho de pessoas com doenças crônicas e agora apareceu mais essa. Mas tenho certeza que tudo vai ser resolver.
    Obrigada sempre pelo apoio.
    Bjão e um ótimo final de ano!!!

  4. Oi, Meninas…

    É um prazer poder fazer acontecer essa corrente de auto-ajuda, que em 2011 venhamos se tornar + fortes e unidas e dessa forma sofreremos menos.

    Super bjs..

Olá, deixe um comentário!