Atenção para o uso de Anti-inflamatórios Não Esteróides (AINES) FDA reforça aumento da chance de Acidente Vascular Cerebral ou Ataque Cardíaco

Drogas anti-inflamatórias não esteroides (AINEs) não aspirina: FDA reforça aviso de aumento da chance de acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco com o uso desse tipo de medicação
Risco-CardíacoDirecionado aos consumidores e aos profissionais de saúde, a Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, está reforçando o aviso de segurança quanto ao uso de anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs) não aspirina e o risco aumentado de acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco.

Com base na revisão abrangente de novas informações de segurança, a FDA está exigindo atualizações nas bulas que devem conter basicamente as seguintes informações:

  • O risco de ataque cardíaco ou derrame pode ocorrer tão cedo quanto nas primeiras semanas de uso de um AINE. O risco pode aumentar com o tempo de uso do AINE.
  • O risco parece maior em doses mais elevadas.
  • Pensou-se previamente que todos os AINEs podiam ter um risco semelhante. Novas informações tornam menos claro que o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral é semelhante para todos os AINEs; no entanto, esta nova informação não é suficiente para determinarmos que o risco de qualquer AINE em particular é definitivamente mais elevado ou mais baixo do que o de qualquer outro AINE em particular.
  • AINEs podem aumentar o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral em pacientes com ou sem doença cardíaca ou fatores de risco para doença cardíaca. Um grande número de estudos apoia esta conclusão, com diferentes estimativas de quanto o risco está aumentado, dependendo dos fármacos e das doses estudados.
  • Em geral, os pacientes com doenças cardíacas ou fatores de risco para este tipo de doenças têm uma maior probabilidade de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral após o uso de AINE do que pacientes sem esses fatores de risco, porque eles já têm um risco mais elevado no início do estudo.
  • Os doentes tratados com AINEs na sequência de um primeiro ataque cardíaco são mais propensos a morrer no primeiro ano após o ataque cardíaco, em comparação aos pacientes que não foram tratados com AINEs após seu primeiro ataque cardíaco.
  • Existe um risco aumentado de insuficiência cardíaca com o uso de AINE.
  • Os pacientes e os profissionais de saúde devem estar atentos para efeitos secundários em relação à saúde cardiovascular durante todo o tempo em que os AINEs estão sendo usados. Os pacientes que tomam AINE devem procurar atendimento médico imediatamente se apresentarem sintomas como dor no peito, falta de ar, dificuldade em respirar, fraqueza no corpo ou fala arrastada.

Fonte: FDA MedWatch, de 9 de julho de 2015

NEWS.MED.BR, 2015. Drogas anti-inflamatórias não esteroides (AINEs) não aspirina: FDA reforça aviso de aumento da chance de acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco com o uso desse tipo de medicação. Disponível em: <http://www.news.med.br/p/saude/795689/drogas-anti-inflamatorias-nao-esteroides-aines-nao-aspirina-fda-reforca-aviso-de-aumento-da-chance-de-acidente-vascular-cerebral-ou-ataque-cardiaco-com-o-uso-desse-tipo-de-medicacao.htm>. Acesso em: 14 jul. 2015.

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!