Artrite reumatoide: pesquisa ouve médicos e pacientes sobre o controle da doença

Dia Mundial de Conscientização sobre a Artrite Reumatóide - O evento na Praça JK em Belo Horizonte MG contou com duas tendas, em uma profissionais tiraram dúvidas da população sobre a doença e em outra foi oferecida oficina de origamis para as crianças. 12/10/2009. FOTO ÉLCIO PARAÍSO/BENDITA

O Cotidiano convidou o reumatologista, coordenador do Núcleo de Reumatologia do Hospital Sírio-Libanês de São Paulo, professor da Universidade de São Paulo, Cristiano Zerbini, para falar sobre a pesquisa “Comparação Entre Pontos de Vista de Médicos e Pacientes sobre  a Comunicação e Controle da Artrite Reumatoide”. A pesquisa foi realizada em 15 países.

De acordo com o especialista,  é necessário entender como é que funciona o diálogo entre o médico e o paciente, durante uma consulta em que o paciente tem artrite reumatoide. “Será que as expectativas do paciente em relação ao seu tratamento são as mesmas do seu médico”, diz.

Para Zerbini, o médico quer que a doença desapareça, já o paciente quer que o médico faça passar a sua dor e o inchaço das juntas: “muitas vezes, nesse diálogo, a explicação entre o médico e o paciente, embora sejam boas, talvez não seja o ideal”. Daí a importância deste tipo de pesquisa, diz o médico.

Ouça esta entrevista na íntegra, clicando no player acima.

Fonte: Radios EBC

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: