Artrite Reumatoide, não têm cura, mas tem tratamento e pode ser controlada

Algumas medidas auxiliam no sucesso do tratamento:

  • Ter o tratamento prescrito, orientado e acompanhado pelo médico reumatologista;
  • Começar o tratamento precocemente;
  • Aderir ao tratamento com disciplina e fidelidade;
  • Ter manter hábitos de vida saudáveis.
  • As dificuldades com o tratamento devem e precisam ser conversadas com o médico reumatologista.
  • Promover e manter hábitos de vida saudáveis (praticando atividade física, com alimentação saudável e mantendo o peso dentro dos limites).

Compartilhe esse post, pois #JuntosPodemos informar as pessoas sobre a #artritereumatoide #DMA16 #BlogAR #EncontrAR #Grupar

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

1 Comentário

  1. Olá boa noite, há cerca de dois meses, foi-me diognisticado A.R. por indicação médica comecei a tomar 2 comprimidios FOLICIl + 3 comp. LEDERTREXATO 2.5 por semana, e 1 comprimidioVOLTAREN 75 em SOS, assim iria continuar com a mesma qualidade de vida que tinha.
    Em verdade, continuo com a AR activa tendo mesmo que tomar o terrivel VOLTAREN todos os dias.
    Pergunto é normal?
    Irei continuar com este suplicio de vida??
    Obrigados

Olá, deixe um comentário!