Artrite Reumatoide a pressa é amiga da prevenção

Leiam na integra a matéria do Correio Braziliense, essa entrevista foi realizada em Madri/Espanha no dia do Desfecho da pesquisa Global da Abbvie com mais de 10 mil pacientes com Artrite Reumatoide de 42 países , mostra que o diagnóstico da Artrite Reumatoide no Brasil demora em média 4 anos. Mostra tbe que mais de 60% dos pacientes participam de um grupo de apoio inclusive os online e informais. EncontrAR contribuiu com a pesquisa que foi realizada online e tbe com essa excelente matéria do Correio Braziliense, que foi publicada em 28/07/2013 no caderno Saúde.

Para saber um pouco mais sobre a pesquisa leiam nosso post sobre o desfecho da Pesquisa Join The Fight http://artrite.marcosdesignweb.com.br/desfecho-pesquisa-global-artrite-reumatoide/

Matéria do Correio Braziliense no caderno Saúde de 04/08/2013

20130728-191715.jpg

 

20130728-193033.jpg

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

2 Comentários

  1. Gostaria de saber se tenho a possibilidade de voltar a ter o movimento do punho? E se tem alguns testes de laboratoriais que estão fazendo com seres humanos em relaçao a novos medicamentos? Se tiver me candidato

    • Suzana, vários centros de pesquisa em todo o Brasil, estão fazendo novos estudos clínicos. Onde vc mora? Quanto a volta do movimento do punho, infelizmente não posso te dar essa resposta, melhor vc conversar com o seu médico, ele é a melhor pessoa para te dar essa resposta.

Olá, deixe um comentário!