Artrite Reumatoide: 10 graves sintomas para nunca ignorar

Dor e inchaço nas articulações são uma característica da artrite reumatoide. Mas para as pessoas com AR, não é a única coisa a observar.
Como resultado do sistema imune do corpo atacar os seus próprios tecidos, a artrite reumatoide requer mais do que apenas o controle da dor. Outros sintomas aparentemente sem relação com a doença podem representar uma importante ameaça.
Na realidade a artrite reumatoide não é apenas algo que acontece nas articulações e sim um processo sistèmico, ou seja pode estar em todos os tecidos do corpo, causando problemas onde quer que a inflamação ocorra.

Veja os 10 principais sintomas que pacientes com artrite reumatoide não devem ignorar.

1. Falta de ar ou dor no peito
Como a artrite reumatoide pode afetar o coração, pessoas com a doença têm maior risco de ataques cardíacos e insuficiência cardíaca, pode existir ainda acomentimento do pericardio (membrana que cobre o coração) e das válvulas cardíacas. Dor no peito ou falta de ar são grandes sinais de alerta.
Se ficar sem fôlego facilmente e apresentar febre pode tratar-se de uma infecção pulmonar. Ou em alguns casos poderia ser um tipo de doença intersticial pulmonar, o que faz com que os pulmões fiquem inflamados e cheios de cicatrizes. Derrame pleural pode aparecer em torno dos pulmões, o que requer outras medidas terapêuticas mais enérgicas e agressivas.
Procure ajuda médica imediatamente se você está tendo esses problemas, mesmo se você nunca teve alterações cardíacas ou pulmonares.

2. Dormência ou formigamento
A artrite reumatoide pode causar acúmulo de tecido conectivo nas articulações de mãos e pés provocando eventualmente a compressão de algum nervo e consequentemente producir dormência e formigamento. Como resultado, você pode sentir fraqueza ou alterações na movimentação das articulações afetadas.
Se sentir dormência ou formigamento, é precisso ser avaliado por um reumatologista o quanto antes para determinar a sua causa.

3. Incapacidade de se mover ou levantar a mão ou pé
Comparado com dormência ou formigueiro, não ser capaz de elevar ou mover uma mão ou do pé é uma complicação muito mais séria.
Também é uma ocorrência muito mais rara, envolvendo danos aos nervos que estimulam os músculos. Neste caso é mandatória e urgente a avaliação já que pode resultar em incapacidade permanente.

4. Manchas sobre ou em torno de seus dedos
Pequenas manchas vermelhas ou pretas em torno das unhas pode significar que o tecido nessas áreas não recebe um adequado fornecimento sanguíneo como consequência de pequenos vasos sanguíneos inflamados.
Embora muito raro, as manchas podem sinalizar uma forma avançada de inflamação sistêmica, devendo procurar assistência médica de imediato para avaliação e diagnóstico. Se o sintoma não for tratado, pode levar a perda de dedos da mão ou do pé.

5. Olhos inflamados e vermelhos
Os vasos sanguíneos dos olhos são outro alvo comum de artrite reumatoide, especialmente entre pessoas com formas mais graves da doença.
Se a parte mais externa do seu olho se encontra seca ou irritada o uso de colírios ou lágrimas artificiais pode geralmente tratar o problema.
No entanto, dor súbita e vermelhidão dos olhos pode significar que partes mais profundas do olho estão afetados. Isso pode representar uma complicação muito grave, por isso consulte um médico imediatamente se isso acontecer.

6. Problemas gástricos
Se você tomar medicamentos anti-inflamatório não esteroideos (AINE), para tratar sintomas de artrite reumatoide, pode eventualmente estar em risco para problemas de estômago.
Estes medicamentos podem causar náuseas, vômitos, dor, desconforto abdominal, diarreia, constipação intestinal e sangramento gastrintestinal.
Ao tomar um AINE, semrpe relate durante a consulta com seu médico a presença de algum desses sintomas para investigar a relação com a medicação ou alguma outra hipotese diagnóstica. Nunca tome medicamentos por conta própria.

7. Febre e outros sinais de infecção
Outro problema do tratamento da artrite reumatoide é alguma infecção relacionada com drogas utilizadas no tratamento da artrite reumatoide, por exemplo, medicamentos inibidores de TNF. O sinal mais revelador de uma infecção é a febre alta, mas podem apresentar-se outros sinais e sintomas como tosse, ou uma área da pele que é extremamente quente, vermelha, inchada, ou mais dolorosa do que o habitual.
Infecções podem se espalhar muito rapidamente e podem ser difíceis de controlar já que os pacientes com artrite reumatoide têm o sistema imunológico comprometido. Se você suspeitar de uma infecção é muito importante que consulte um médico imediatamente para determinar a etiologia da mesma e iniciar tratamento com a medicação adequada.

8. Sintomas inespecíficos
Sintomas inespecíficos podem aparecer de forma repentina e podem ser bastante leves, por isso não ignore quando seu corpo está manifestando que algo não está certo.
Especificamente, sinais e sintomas como perda de energia, sudorese noturna, perda de peso repentina, fadiga inexplicável, ou uma febre baixa podem significar que é hora de reavaliar o seu tratamento.
Não esqueça de discutir qualquer um destes sintomas com seu médico.

9. Fratura óssea
A fratura óssea em um paciente com artrite reumatoide pode revelar osteoporose subjacente, especialmente entre as mulheres.
Devido à sua natureza inflamatória, a artrite reumatoide pode causar a perda óssea. O risco de fratura pode aumentar ainda mais se estiver tomando prednisona, um tratamento comum para a artrite reumatoide.
Além do exercício e seguir uma dieta rica em cálcio e vitamina D, as pessoas com artrite reumatoide devem realizar um exame de densidade óssea para determinar a existência de osteoporose uma vez diagnosticada a AR.

10. Manchas roxas na pele que aparecem com facilidade
Se você encontrar manchas roxas e aparecimento de hematomas sem relação aparente com traumatísmos, você pode estar enfrentando uma complicação da artrite reumatoide que diminui o número de plaquetas no sangue.
Isso pode ser tanto por causa de seu tratamento ou devido à própria doença.
Consulte sempre o seu médico assim que detectar alguma alteração na sua pele, ele poderá solicitar um exame de sangue para verificar a quantidade de plaquetas. Quando a contagem de plaquetas no sangue está muito baixa aumenta o risco de sangramento que em alguns casos podem ser graves. Procure assistência médica para determinar a natureza da alteração e iniciar o tratamento para o problema.

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!