Anvisa aprova medicamento que prolonga alívio da dor em pacientes com osteoartrite

Administrado por meio de injeção única, com ação de até um ano, Durolane será comercializado no Brasil pela Pfizer

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de aprovar o medicamento Durolane (ácido hiarulônico) para o tratamento de osteoartrite sintomática leve a moderada nos joelhos e no quadril. Trata-se de uma doença crônica, caracterizada por degeneração da cartilagem articular, alterações ósseas, dor e rigidez1. O medicamento, administrado por meio de uma injeção única que apresenta efeito prolongado, com duração de até um ano, representa uma nova alternativa não-cirúrgica para aliviar a dor e melhorar o movimento articular nesses pacientes.

Produzido pela companhia holandesa Bioventus e comercializado no Brasil pela Pfizer, Durolane é um medicamento à base de ácido hialurônico não-animal estabilizado (NASHA). Trata-se de um processo de estabilização avançado, que torna o medicamento mais resistente à degradação. “Ao aumentar o tempo de resistência do medicamento, a tecnologia NASHA confere um efeito mais duradouro, reduzindo o número de injeções durante o tratamento na comparação com outras preparações intra-articulares de ácido hialurônico”, afirma o diretor médico da Pfizer, Eurico Correia.

             Um estudo2 realizado com 349 pacientes demonstrou que a injeção única de Durolane foi tão eficaz na redução da dor quanto os tratamentos com múltiplas injeções. Após 26 semanas, 77% dos pacientes relataram melhora no controle da dor em geral e 92% tiveram redução da dor ao caminhar em superfície plana. Altamente purificado, Durolane é absorvido pelo organismo como se fosse um ácido hialurônico natural, produzido pelo próprio corpo, o que também reduz o risco de potenciais alergias ou contaminações.

            O ácido hialurônico confere viscosidade ao fluido sinovial, um líquido transparente que tem a função de lubrificar e proteger as articulações humanas. Algumas doenças, contudo, podem reduzir essa lubrificação, como é o caso da osteoartrite. Injetado diretamente nas articulações, Durolane age no restabelecimento da lubrificação e auxilia o paciente a recuperar sua função articular e a reduzir a dor. 

 

A doença

A osteoartrite é uma doença articular que acomete cerca de 4% da população brasileira, principalmente os maiores de 50 anos1. É mais frequente entre as mulheres, especialmente nas mãos e nos joelhos. Nos homens, se manifesta comumente na articulação coxofemoral (quadril). De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 70% a 80% da população acima de 65 anos apresenta osteoartrite.

Nos ambulatórios de reumatologia, a osteoartrite é a enfermidade mais frequente. Trata-se de uma doença de forte impacto econômico para o País, responsável por 7,5% dos afastamentos do trabalho, de acordo com dados do Ministério da Previdência Social. Além disso, a enfermidade representa a segunda causa entre as solicitações de auxílio-doença no Brasil, com 10,5% dos casos, e a quarta a determinar a aposentadoria do contribuinte3 

 

Referências

1.VASCONCELOS, KSS e al.  Relação entre intensidade de dor e capacidade funcional em indivíduos obesos com osteoartrite de joelho. Revista Brasileira de Fisioterapia. Vol. 10, No. 2 (2006), 213-218.

2.ZHANG H, et al. Comparison of two hyaluronic acid formulations for safety and efficacy (CHASE) study in knee osteoarthritis: a multicenter, randomized, double-blind, 26-week non-inferiority trial comparing Durolane to Artz. Arthritis Res Ther. 2015;17:51. doi: 10.1186/s13075-015-0557-x.

3. CUNHA, R. Considerações sobre sistema articular, artrose e exercício físico: um estudo de revisão. Revista Digital – Buenos Aires – Año 14 – Nº 135 – Agosto de 2009

 

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: