Amo a Praia e minha maior tristeza e não poder passar o dia no sol!

Fui diagnosticada com Lúpus há três meses. Um ano atrás eu comecei a sentir dores em um joelho, ela surgia e sumia, uma semana depois estava com dor nos dois joelhos. Procurei um ortopedista que ficou preocupado com um cisto sinovial que eu tenho no joelho. Logo, passou uma injeção de corticoide que me tirou todas as dores possíveis. Fui ver o cisto três meses depois, em março as dores voltaram nos joelhos e pulsos. Sou funcionária pública, fiquei estressada com o plano de saúde estadual e cancelei. As dores voltaram e eu não sabia o que fazer. Fui num posto de saúde, o clínico pediu alguns exames, deu FAN positivo, mandou eu tomar Corticorten de 20mg de oito em oito horas. Maravilha!

Ganhei quase dez quilos, mas nada de dores. Fiquei quase dois meses tomando o remédio. Fiquei boa! (Quem me dera). Em agosto as dores voltaram, joelhos, pulsos, ombro, dedos das mãos, um dia doía uma parte, no outro mudava. Articulações inchadas, cabelo caindo, unha quebrada. Ao amanhecer não conseguia mais abrir a porta. Perdi duas madrugadas achando que o samu deveria me buscar. Abri a mão e fui em uma reumatologista. Fiz os exames, VCM alto, leucócitos e linfócitos baixos. Presença do anticoagulante lúpico, FAN positivo na placa metafísica e núcleo, proteína C reativa em 20, e VHS em 30.

Hoje tomo meticorten 20mg ao amanhecer, com omeprazol. Reuquinol 400mg ao meio dia, reponho vitamina D uma vez por semana. Evito o sol ao máximo. Estou com o rosto redondo e gordinha. Bebi neste final de semana, agora estou com o pulso direito muito inchado. Tenho fome de elefante e suores insuportáveis. Meu apelido de “couro seco” foi por água abaixo, acordo com a cabeça molhada de suor e estou com espinhas no rosto. Dezembro farei novos exames, mas sei pouco da doença. Passei alguns dias com câimbra, mas passou. Suspendi o anticoncepcional. Quem quiser trocar ideias, precisa saber mais sobre a doença. Amo a Praia e minha maior tristeza e não poder passar o dia no sol!

Me chamo Daiane, tenho 34 anos, convivo com o lúpus há quase um ano, sou professora, moro em Aracaju – SE.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Social Media
Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!