7 Doenças reumatológicas que podem afetar os olhos

Sabia que a Artrite Reumatoide pode afetar os olhos? Olhos secos, vermelhos, inchados e sensação de areia nos olhos são sintomas comuns de doenças como conjuntivite ou uveíte. No entanto, estes sinais e sintomas também podem indicar um outro tipo de doença que afeta as articulações e os vasos sanguíneos, as doenças reumáticas, como lúpus, síndrome de Sjogren e artrite reumatoide, em qualquer fase da vida.

Geralmente as doenças reumáticas são descobertas através de exames específicos, mas o oftalmologista pode desconfiar que a pessoa possui este tipo de doença através do exame de fundo de olho, um exame que mostra exatamente o estado do nervo ótico, as veias e artérias que irrigam os olhos, indicando a saúde destas estruturas. E se estes pequenos vasos sanguíneos encontram-se comprometidos, é possível que outros também estejam e por isso o oftalmologista poderá indicar que a pessoa procure um reumatologista.

Algumas doenças reumatológicas que podem ter manifestações oculares são:

1 – Artrite reumatoide, psoriática e juvenil 

A artrite que é a inflamação das articulações que pode ter diversas causas que nem sempre são totalmente conhecidas, também pode afetar os olhos causando alterações como conjuntivite, esclerite e uveíte. Além da própria doença poder ter implicações oculares, os remédios como hidroxicloroquina e cloroquina podem ter como efeitos colaterais que se manifestam nos olhos e por isso é necessário que a pessoa que tem artrite faça o exame de fundo de olho a cada seis meses.

2 – Lúpus eritematoso

Pessoas com lúpus tem maior risco de ter a síndrome do olho seco, que se manifesta através de sintomas como ardência e dor nos olhos, coreira, sensação de areia nos olhos e ressecamento ocular. Além da própria doença poder afetar os olhos, os medicamentos corticóides utilizados no tratamento do Lúpus, também podem ter efeitos colaterais nos olhos podendo causar a síndrome do olho seco, catarata e glaucoma.

3 – Síndrome de Sjorgen

É uma doença onde o próprio corpo ataca as células que produzem saliva e lágrimas, deixando a boca e os olhos muito ressecados, sendo comum a síndrome do olho seco, que aumenta o risco de conjuntivite crônica. A pessoa apresenta os olhos sempre secos, avermelhados, tem sensibilidade à luz e a sensação de areia nos olhos pode ser frequente.

4 – Espondilite anquilosante

Esta é uma doença onde existe inflamação nos tecidos, inclusive nos olhos causando uveíte geralmente em apenas 1 olho. O olho pode ficar vermelho e inchado e se a doença perdurar por meses o outro olho também pode ser afetado, havendo um maior risco de complicações na córnea e catarata.

 5 – Síndrome de Behçet

É uma doença muito rara no Brasil, caracterizada pela inflamação nos vasos sanguíneos, que geralmente é diagnosticada na adolescência, mas que pode afetar gravemente os olhos causando uveíte com pus nos dois olhos e inflamação no nervo ótico. O tratamento pode ser feito com imunossupressores como azatioprina, ciclosporina A e ciclofosfamida para controlar os sintomas.

6 – Polimialgia reumática

É uma doença caracterizada pela dor nos ombros, costas e dificuldade de movimentar-se devido a rigidez no quadril e na articulação dos ombros, sendo comum a queixa de dor em todo corpo. Quando há envolvimento das artérias oculares pode ocorrer visão turva, visão dupla e até mesmo cegueira, que pode afetar somente um ou os dois olhos.

7 – Síndrome de Reiter

É um tipo de artrite que causa dor e inflamação nas articulações mas que também pode causar inflamação na parte branca dos olhos e nas pálpebras levando ao surgimento de conjuntivite ou uveíte, por exemplo.

Apesar de ser mais comum a pessoa descobrir a doença reumática primeiro, é possível que o comprometimento ocular possa indicar a presença de doenças reumáticas. Mas para chegar a este diagnóstico é preciso realizar uma série de exames como raio-x das articulações, ressonância magnética e um teste genético para identificar o fator reumatoide, por exemplo.

Como tratar as complicações oculares causada pelo reumatismo

O tratamento para as doenças oculares que estão diretamente relacionas às doenças reumatológicas deve ser orientado pelo oftalmologista e pelo reumatologista e pode incluir o uso de remédios, colírios e pomadas para aplicar nos olhos.

Quando estas doenças ocorrem devido ao efeito colateral de medicamentos, o médico poderá indicar que este seja trocado por outro para melhorar a qualidade da visão da pessoa, mas por vezes, basta tratar a doença reumatológica para que haja melhora dos sintomas oculares.

Fonte: Tua Saúde

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!