14 Motivos para a Piora dos Sintomas da Artrite

artrite reumatoide (AR) é uma doença cujos sintomas vem e vão. Existem vários motivos para esses sintomas piorarem e nem sempre ela é a culpada por isso. Listamos aqui 14 desses motivos. Lembre-se que o seu reumatologista é a pessoa mais indicada pra te ajudar a identificar o que está sendo responsável pela sua piora.
1- Você está em crise
Uma articulação inchada, quente e avermelhada provavelmente está inflamada. A crise (flare) da artrite reumatoide ocorre quando a inflamação nas articulações aumenta. Assim, os sintomas articulares pioram, e você pode até sentir uma sensação de febre e cansaço. Consulte seu médico para ajustar as medicações e tratar essa piora da inflamação. Para se sentir melhor, você pode repousar e aplicar um pouco de gelo nas articulações inflamadas.
2- Você está sob pressão
A artrite reumatoide pode vir acompanhada de estresse, ansiedade e sintomas depressivos. Essa alterações podem dificultar o controle dos sintomas e aumentar a dor. Procure meios de relaxar, como a yoga ou os exercícios. Se esses sintomas estiverem atrapalhando muito a sua vida, um psicólogo e um psiquiatra podem lhe ajudar.
3- Sono desregulado
A artrite e o sono estão interligados. Se você está com dor, você não consegue dormir. Se você não dorme o suficiente, seus sintomas pioram. Acesse aqui o nosso artigo sobre como melhorar a qualidade do sono.
4- O seu tratamento não está mais fazendo efeito
​Mesmo que você esteja tomando corretamente as medicações, pode ser que seu tratamento não esteja fazendo o efeito esperado. Converse com seu reumatologista para ele avaliar se é necessário trocar de tratamento. Se você não usa um biológico, pode ser a hora de começar. Se você já usa, pode ser que seu médico troque por outro.
5-  Você tem outra doença associada
A artrite reumatoide aumenta suas chances de desenvolver outras doenças, como a fibromialgia, que causa dor no corpo todo, cansaço e problemas de sono. Se você estiver com esses sintomas, conte ao seu reumatologista, pois, o tratamento da fibromialgia é bem diferente do tratamento da artrite reumatoide!
6- Você não está em remissão
O grande objetivo do tratamento da artrite reumatoide é atingir a remissão, que significa que a doença não está em atividade ou ela está tão baixa que você tem poucos ou nenhum sintoma. A remissão uma vez atingida não significa que vai ficar assim pra sempre, pois a artrite reumatoide é uma doença cujos sintomas vem e vão. Converse com o seu médico sobre como está a atividade da sua doença.
7- Falta de exercícios
A dor e a rigidez da artrite podem ser tentadoras para que você fique o dia todo deitado no sofá. Porém, se você não mexer as articulações seus sintomas podem piorar! Os exercícios ajudam a aliviar a dor e o cansaço e a manter a força dos seus músculos. Consulte aqui o nosso guia sobre exercícios durante uma crise de artrite.
8- Você acabou de ter um bebê
Os sintomas da artrite reumatoide melhoram durante a gravidez, mas assim que o bebê nasce eles voltam a piorar. É muito difícil cuidar de um bebê se você está sofrendo com dor articular e cansaço. Consulte seu reumatologista para prescrever um tratamento seguro durante a amamentação.
9- Excesso de peso
O excesso de peso sobrecarrega as articulações já inflamadas e faz com que a dor piore. Além disso, a gordura libera hormônios que pioram a inflamação da artrite reumatoide, e os tratamentos não funcionam tão bem em quem está acima do peso. Se este é o seu caso, procure ajuda de um nutricionista, um endocrinologista, e procure realizar exercícios físicos.
10- Cigarro
Se você tem artrite reumatoide e fuma, pare agora! O cigarro aumenta a chance de ter artrite reumatoide, causa uma doença mais grave em quem já tem, e prejudica o tratamento. Sem falar no risco maior de infarto e de vários tipos de câncer. Para lhe ajudar a parar de fumar, procure um médico pneumologista.
11- Exercícios em excesso
Os exercícios são benéficos para os portadores de artrite, mas também não exagere. Se você fez muitos exercícios durante o dia, tome um tempo para relaxar para não se lesionar. O descanso pode esfriar as articulações inflamadas e ajudá-lo a se recuperar da fadiga. O fisioterapeuta pode lhe ensinar a proteger as suas articulações durante os exercícios.
12- Infecção
A artrite reumatoide e os seus tratamentos fazem com que você seja mais suscetível às infecções. Apesar de falarmos que na artrite sua imunidade está mais alta, ela está mais ocupada em atacar o seu próprio corpo do que os microorganismos invasores. Até mesmo uma gripe pode piorar os sintomas da artrite. Outra infecção que devemos nos preocupar é a artrite séptica, que é a infecção dentro da articulação. Por isso, você deve procurar o médico ao menor sinal de infecção, como uma febre. Mantenha seu calendário vacinal em dia, lembrando que pacientes reumáticos em tratamento imunossupressor não podem tomar vacinas de vírus vivo.
13- Você não está tomando direito os remédios
Está em falta na farmácia? Esqueceu? O remédio está te fazendo mal? Ou talvez você estava se sentindo bem e achou que não tinha problema em parar? Independente do motivo, as interrupções no tratamento podem fazer com que aumente a atividade da doença. Seja sincero com o seu reumatologista para que ele possa te ajudar a encontrar uma alternativa, como trocar de tratamento ou ajustar a dose.
14- Você demorou para descobrir a artrite reumatoide
Se o tratamento demora para ser começado, aumentam as chances de uma doença de difícil controle. Sabemos que a doença evolui muito melhor quando tratada nos 6 primeiros meses do início dos sintomas. Se você já tem deformidades, a fisioterapia pode lhe ajudar a aliviar a dor, e a terapia ocupacional a se adaptar nas tarefas do dia a dia e do trabalho. Dependendo do caso, pode até ser que uma cirurgia seja necessária para corrigir as deformidades.
Clique aqui para acessar o nosso guia completo sobre artrite reumatoide.

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: