Sem condições de ir ao reumatologista, tenho tomado medicamentos que aliviam as dores

A minha doença começou há 8 anos, passei a sentir uma fadiga, transpirava a ponto de ficar molhada até os cabelos e  todo o corpo, tinha que trocar de roupa até durante a noite,a seguir comecei a sentir dores do pescoço aos pés, dores terríveis descobriram uma hérnia de disco na cervical era enorme fui operada mas não tive melhora, cada vez pior até que há dois anos a perita suspeitou que tinha alguma coisa errada porque não tinha medicamento que me ajudava e pediu que eu procurasse um reumato foi quando fiz exames de sangue e constou artrite reumatoide.

Tenho tomado medicamentos que me aliviam as dores por algumas horas e logo voltam, desisti pois não tenho condições de ficar pagando consulta particular com neurocirurgião e nem o com o reumato, pois fui cortada do INSS ha dois meses não tenho condições de continuar o tratamento.

Me chamo Vera Lucia de Araujo Santana, tenho 57 anos, convivo com a artrite reumatoide há 2 anos, moro em Pindamonhangaba – SP, sou doméstica mas atualmente não exerço a função.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: